Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Pepe não acha que expulsão no 1º jogo pesou na eliminação precoce

Brasília (DF)

Após perder por 4 a 0 na estreia contra a Alemanha e empatar com os Estados Unidos por 2 a 2 na rodada seguinte, a vitória sobre Gana por 2 a 1 nesta quinta não foi suficiente para Portugal se classificar para a próxima fase da Copa do Mundo. O zagueiro Pepe, expulso na primeira rodada e automaticamente suspenso na segunda, não acredita que sua ausência tenha sido um fator decisivo na eliminação precoce da equipe lusitana.

O que faltou a Portugal foram gols – os Estados Unidos tinham três tentos a mais no saldo. Quando Pepe foi expulso na partida contra os alemães, a equipe perdia por 1 a 0, e após sua saída, os portugueses sofreram a goleada.

Por causa disso, o jogador foi alvo de muitas críticas, mas ele não acha que sua expulsão pese na desclassificação. “Cada um tem a sua responsabilidade. O jogo da Alemanha é um jogo a parte”, afirmou o zagueiro.

Pepe sabe que a equipe não alcançou o patamar esperado. “Temos que reconhecer que perdemos e não fomos capazes de passar para a próxima fase. Agora vamos tirar lições deste Mundial para que no próximo a gente não cometa os mesmos erros”, finalizou.

Pelo Grupo F, Portugal e Gana se despedem da Copa do Mundo, enquanto Alemanha e Estados Unidos avançam para as oitavas de final. 

AFP
Pepe acredita que sua expulsão no primeiro jogo não foi um fator decisivo na eliminação de Portugal na Copa (Foto: Gabriel Bouys/AFP)