Futebol Internacional/Copa 2014 - ( )

Por titularidade na Itália, Insigne prega sacrifício: "Jogo até no gol"

Mangaratiba (RJ)

Novidade na convocação de Cesare Prandelli para a Copa do Mundo de 2014, o meia-atacante Lorenzo Insigne, que atua no Napoli, mostrou-se motivado a conquistar um posto de titular na Itália. Autor de dois gols na goleada sobre o Fluminense, em Volta Redonda-RJ, o dianteiro pregou sacrifícios para conquistar seu espaço entre os 11 titulares.

“Se Prandelli por um acaso me perguntar, jogo até no gol. É minha primeira copa e estou focado apenas nessa competição”, sintetizou o jogador de 23 anos, o mais baixo do Mundial, ao lado do meia camaronês Edgar Salli (ambos com 1,63 metros).

Mesmo com a boa exibição no Estádio Raulino de Oliveira, Insigne deve iniciar o Mundial no banco de suplentes. Porém, o “Duende de Nápoles”, que barrou nomes como Mattia Destro (Roma) e Giuseppe Rossi (Fiorentina), mostrou tranquilidade para tentar superar Candreva e Marchisio: “No primeiro dia de treinos, eu sabia que todos os atacantes tinham marcado mais gols que eu. Cheguei sabendo que precisava trabalhar duro para justificar minha convocação. Estou muito feliz e quero dar minha contribuição”, sintetizou.

A estreia azzurra na competição, contra a Inglaterra, ocorre neste sábado, às 19 horas (de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus-AM. O duelo entre Uruguai e Costa Rica completa o Grupo B, no mesmo dia, em Fortaleza-CE.

AFP
“Se Prandelli por um acaso me perguntar, jogo até no gol", disse Insigne, o popular "Duende de Nápoles"

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade