Futebol/Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Prefeitura de SP disponibiliza Sambódromo e autódromo a argentinos

São Paulo (SP)

A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta sexta-feira as medidas que adotará para receber os argentinos, que devem começar a chegar a partir do fim de semana para acompanhar a partida entre Argentina e Suíça, válida pelas oitavas de final da Copa do Mundo, que será disputada terça-feira, na Arena Corinthians. Para acomodar os torcedores, a administração municipal disponibilizará o Sambódromo do Anhembi e o autódromo de Interlagos.

Os argentinos que vierem a São Paulo de veículo poderão estacionar nesses dois locais. Ao todo, serão 550 vagas disponibilizadas – 400 no Sambódromo e 150 no autódromo.

O plano também expõe a preocupação da Prefeitura em evitar que os cerca de 70 mil argentinos que são esperados – a maioria não tem ingresso – causem problemas, como aconteceu em Belo Horizonte e Porto Alegre, onde houve registros de brigas e assaltos.

“O jogo da Argentina é especial por conta do número de torcedores. Recebemos outros torcedores internacionais em outros jogos, mas por se tratar de um jogo eliminatório e já termos a experiência em outras cidades com grande fluxo de argentinos, esperamos que São Paulo possa receber, como recebeu os outros torcedores, de uma forma calorosa e afetiva”, disse Leonardo Barchini, secretário de Relações Internacionais da Prefeitura.

AFP
A torcida argentina vai invadir São Paulo para acompanhar o time liderado por Lionel Messi nas oitavas de final
Temendo a concentração de argentinos sem ingresso nas proximidades da Arena Corinthians, a Prefeitura alerta para os cordões de isolamento nos arredores do estádio e aconselha os torcedores a acompanhar as partidas em outros lugares, como a Fan Fest, localizada no Vale do Anhangabaú, centro da capital paulista.

“Existe uma questão cultural do argentino, que mesmo sem ingresso vai ao entorno para torcer, cantar e alentar, o que será dificultado em Itaquera. Ao contrário dos outros estádios em que (a Argentina) jogou no Brasil, o estádio de Itaquera fica afastado do Centro, a 20 quilômetros, e o cordão de isolamento, que funcionou bem em outros jogos, será reforçado. Então, quem não tem ingresso, não vá ao entorno do estádio, porque não se divertirá lá”, alertou Barchini.