Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Problemas pessoais podem motivar retorno de Kaká ao São Paulo

São Paulo (SP)

O que, inicialmente, não passava de um sonho, pode se tornar realidade. Segundo reportagem publicada neste domingo pelo jornal italiano Gazzetta dello Sport, o São Paulo abriu negociações para um possível retorno do meia Kaká, que atualmente defende o Milan.

De acordo com a publicação, os problemas pessoais de Kaká – que nesta semana teria se divorciado – podem contribuir para a volta do meio-campista ao Brasil. Sua mulher, Caroline Celico, voltou ao Brasil com os dois filhos do casal.

O Brasil também poderia ser uma ponte para a perspectiva futura do jogador, que cogita disputar a MLS – liga norte-americana - no ano que vem.

AFP
Revelado pelo São Paulo, o meia, atualmente com 32 anos, deixou o clube do Morumbi em 2003
Há pouco mais de duas semanas, Kaká aproveitou as férias no Brasil para visitar o CT do São Paulo. Na ocasião, o técnico Muricy Ramalho rasgou elogios ao meia, mas descartou qualquer possibilidade de contar com seu futebol.

“É um jogador muito diferente, e caríssimo. Tem contrato bom com Milan. Quem não gostaria de ter o Kaká? Qualquer time do Brasil, mas a gente sabe que não passa de um sonho”, disse Muricy na ocasião.

Recentemente, Kaká foi o personagem de uma polêmica declaração dada pelo presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, que demonstrou interesse na contratação do jogador. "É alfabetizado, tem todos os dentes na boca, bonito, fala bem...", disse o mandatário em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade