Copa do Mundo/Bastidores - ( - Atualizado )

Protesto em frente à Arena Corinthians mobiliza 12 mil manifestantes

São Paulo (SP)

Um protesto organizado pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) reuniu milhares de manifestantes nesta quarta-feira em São Paulo, na Radial Leste, em frente à Arena Corinthians, palco de diversas partidas da Copa do Mundo, inclusive da abertura da competição. Todas as faixas da via foram ocupadas, assim como as áreas ao redor do estádio.

Segundo o movimento, 25 mil pessoas participaram do protesto. Já a Polícia Militar afirma que o ato teve a presença de 12 mil. Os manifestantes se dividiram entre sem-teto de diversas ocupações da cidade e apoiadores da causa.

O protesto teve início às 18h (de Brasília) na estação de metrô Vila Matilde, distante aproximadamente 3,5 km do Itaquerão. O ato foi finalizado por volta das 21h.

É o quarto protesto organizado pelo MTST com o nome “Copa sem povo, tô na rua de novo”. Em manifestações anteriores, o movimento fechou as principais vias da cidade de São Paulo. Nos atos passados, não houve confronto, nem vandalismo dos participantes.

Entre as reivindicações do MTST estão a definição de um limite de reajuste dos aluguéis, além da modificação do programa “Minha Casa, Minha Vida”. O grupo também quer a criação de uma comissão nacional para monitorar os despejos pelo Brasil.

Após a manifestação, o perfil do MTST no Twitter anunciou que se as reivindicações não forem atendidas, os protestos serão piores: “O tempo está passando...Se nos deixarem sem alternativas, junho será mais vermelho do que verde-amarelo”.

AFP
O MTST mobilizou milhares de manifestantes à Arena Corinthians, em Itaquera (Foto:Nelson Almeida)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade