Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Rueda vê Equador marcando no momento certo e já pensa na França

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Com a Arena da Baixada tomada por equatorianos, o clima estava propício para uma vitória do Equador sobre Honduras, o que efetivamente aconteceu graças a dois gols de Enner Valencia, que manteve vivo o sonho do país em ver sua seleção nas oitavas de final da Copa do Mundo 2014. O técnico Reinaldo Rueda admite as dificuldades encontradas na partida, mas acredita que os gols saíram no momento certo para tomar o controle do jogo até o apito final.

“Passamos por uma primeira derrota e era uma partida importante. E eles comprovaram ser um adversário difícil. O Equador teve a sorte de marcar os gols no momento certo e controlamos a reação de Honduras”, avaliou o treinador, que viu um jogo parelho. “Eram duas seleções com muita determinação com muita personalidade. E, no final, foi incrível esse resultado”, acrescentou.

AFP
França será o último adversário do Equador, em jogo que define a classificação. (Foto:Cristophe Simon).
Logo após o apito final, o foco já mudou para a França, próximo desafio que exigirá mais evolução na busca pela classificação. “Acho que a França é um adversário difícil. Eles cresceram muito e mostraram contra Suíça e Honduras que tem eficiência, com jogadores maduros em um momento muito importante na carreira. Será um jogo difícil e temos que jogar tão bem ou melhor do que jogamos hoje”, analisou.

Um olho no campo e outro em Honduras e Suíça. Assim será a última rodada. Porém, as contas só terão sentido com um resultado positivo sobre a França. “É um jogo que será determinante para a classificação, pontos, diferença de gols. Mas temos que nos concentrar no nosso jogo. Espero que Honduras faça um ótimo jogo e possamos nos beneficiar, desde que saiamos vitoriosos contra a França”, finalizou.