Futebol/Copa 2014 - ( )

Sampaoli ainda quer esperar para ver se Brasil é candidato ao título

Belo Horizonte (MG)

A fraca atuação do Brasil no jogo de oitavas de final contra o Chile neste sábado deixou o argentino Jorge Sampaoli na dúvida se o anfitrião da Copa do Mundo de 2014 é real candidato ao título. Treinador da equipe chilena, ele quer ver outras atuações do time comandado por Luiz Felipe Scolari antes de apontá-lo em condições de brigar pelo hexa.

O Brasil teve muitas dificuldades diante do Chile, neste sábado, no Mineirão, e conseguiu a classificação às quartas de final apenas nos pênaltis. Depois de empate por 1 a 1 nos 90 minutos e persistência da igualdade na prorrogação, a Seleção venceu na disputa de penalidades por 3 a 2.

“Se o Brasil é candidato ou não, veremos no futuro. Vamos ver se com o andamento do Mundial a equipe se fortalece com essa vitória para enfrentar os próximos jogos com mais segurança”, afirmou Sampaoli, citando a compactação do time brasileiro como um de seus trunfos.

AFP
Brasil só conseguiu avançar às quartas de final na disputa de pênaltis com o Chile de Sampaoli

A dúvida do treinador do Chile em relação à força do Brasil foi reforçada com uma atuação apagada do time da casa nas oitavas de final. Sem criatividade no meio, a equipe comanda por Luiz Felipe Scolari recorreu constantemente a lançamentos longos, tentando se aproveitar da velocidade de seus atacantes e da baixa estatura da zaga adversária.

Neymar, decisivo para o Brasil nas partidas anteriores do Mundial, pouco apareceu. Depois de uma falta sofrida no primeiro tempo, reclamou de dores no joelho direito por parte do jogo e apostou excessivamente em jogadas individuais. Na prorrogação, sentiu câimbras. Na disputa por pênaltis, no entanto, converteu a quinta cobrança brasileira.

“Jogamos contra o candidato de todos ao título na sua casa e foi um jogo de igual para igual, com esforço dos dois lados. Anulamos um jogador importante como Neymar com nossa marcação. Agora o Brasil está na Copa e nós voltamos para casa por causa dos pênaltis”, disse Sampaoli.

Nas quartas de final, a Seleção terá pela frente a Colômbia, que também neste sábado derrotou a Colômbia por 2 a 0, no Maracanã. O confronto está marcado para a próxima sexta-feira, às 17h (de Brasília), no Castelão em Fortaleza.