Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Santa vence Ponte na volta ao Arruda e chega invicto à parada para Copa

Recife (PE)

Após seis jogos sem ver o seu time no Arruda, 15.759 torcedores compareceram ao estádio pernambucano nesta terça-feira para acompanhar o jogo que marcava o retorno do Santa Cruz à sua casa. O confronto, aliás, também era a despedida da equipe coral antes da parada para a Copa do Mundo. Os dois fatores, portanto, serviram como motivação extra para que mais uma vitória fosse confirmada. O triunfo por 2 a 1 sobre a Ponte Preta ainda confirmou a invencibilidade dos anfitriões nos dez primeiros jogos da Série B do Campeonato Brasileiro.

O placar foi construído no primeiro tempo, após um início avassalador do time da casa. Logo aos sets minutos, Renatinho completou cruzamento com categoria, desviando de letra ao fundo das redes. O segundo gol do Santa, também antes do intervalo, também ficou atrás, já que Pingo chegou a driblar o goleiro Roberto antes de tocar para o gol. Aos 46 do segundo tempo, a Ponte descontou.

Com o resultado desta terça-feira, o Santa Cruz fecha a primeira parte da Série B, antes da parada para a Copa do Mundo, de forma invicta. Após dez rodadas, a equipe pernambucana soma quatro vitórias e seis empates, ficando na sexta posição. A Ponte, mesmo com a derrota, fica um posto acima, com os mesmos 16 pontos, mas leva vantagem nos critérios de desempate.

Agora, as duas equipes voltam a jogar apenas após a Copa do Mundo. A 11ª rodada ainda não tem os horários definidos e todas as partidas estão marcadas para o dia 15 de julho. Desta forma, a CBF ainda deve divulgar uma tabela detalhada, mas os confrontos estão definidos: o Santa Cruz encara o Vasco da Gama, enquanto a Ponte Preta recebe a Portuguesa.

O jogo - Era mais um encontro de Sérgio Guedes com o time que o projetou ao futebol nacional no Campeonato Paulista de 2008, mas o carinho pela Ponte Preta ficou para fora das quatro linhas. Para se aproximar dos quatro primeiros colocados e manter a invencibilidade antes da parada para a Copa do Mundo, o Santa Cruz não tomou conhecimento dos paulistas e partiu para o ataque desde o início.

Sendo assim, o time pernambucano foi fatal logo em seu primeiro ataque mais perigoso, ainda aos sete minutos do primeiro tempo. O ataque coral trabalhou bem a bola, envolveu os defensores da Ponte e descolou o cruzamento para a área da ponta direita. Renatinho mostrou categoria, se antecipou aos zagueiros e desviou de letra ao fundo das redes.

Mesmo com a vantagem, o Santa Cruz continuou melhor. No embalo de seu torcedor, que compareceu em bom número ao Arruda nesta terça-feira, a equipe pernambucana tinha o domínio do jogo, era ameaçada em raras ocasiões pelos campineiros e parecia muito próxima de marcar o segundo gol. O prognóstico se confirmou antes mesmo do intervalo.

Para ficar em situação mais tranquila e aproveitar o bom momento, o Santa Cruz ampliou sua vantagem aos 32 minutos do primeiro tempo. Centroavante da equipe, Léo Gamalho ficou mais recuado, percebeu a passagem de Pingo e acerou belo passe em profundidade para o seu companheiro, que saiu na frente dos zagueiros da Ponte, driblou o goleiro Roberto e tocou para as redes.

Já na segunda etapa, a situação da Ponte ficou ainda pior, pois a equipe visitante sequer conseguiu terminar a partida com seus onze jogadores. Aos 20 minutos, o zagueiro César cometeu falta dura sobre Pingo, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Já nos acréscimos, Cafu descontou para os campineiros, mas não evitou a vitória do Santa Cruz.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade