Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Santos e volante Renato lamentam a morte do ex-treinador Giba

Santos (SP)

O Santos emitiu, na tarde desta terça-feira, uma nota oficial para lamentar a morte do ex-jogador e treinador Giba, que comandou o Alvinegro Praiano em 34 jogos, entre maio e outubro de 2000.

“O Alvinegro Praiano presta suas sinceras condolências e sentimentos à família do ex-técnico”, diz trecho da nota.

O volante Renato, que começou sua história no Santos graças a uma indicação de Giba, em 2000, também lamentou o falecimento do ex-treinador.

“Eu sou muito grato a ele pela oportunidade que me deu. Estou muito triste pelo acontecido, mas com certeza ele ficará marcado para mim para o resto da minha vida, até porque a oportunidade que ele me deu de vir para o clube do meu coração foi única. Então, só tenho a agradecer a ele por essa chance e dar meus pêsames para a família”, afirmou Renato.

Antônio Gilberto Maniaes, mais conhecido como Giba, faleceu em São Paulo aos 52 anos na madrugada desta terça-feira. Internado no Hospital Sírio-Libanês desde o início da semana em estado grave, o ex-jogador sofria de uma amiloidose – rara doença que comprometeu seus rins.

Acervo/Gazeta Press
Giba dá orientações ao meia Valdo durante treinamento do Santos na Vila Belmiro, em 2000