Futebol/Amistosos - ( - Atualizado )

São Paulo decepciona e só empata com Orlando em estreia de Kardec

Orlando (EUA)

Se o norte-americano gosta de gol, o São Paulo decepcionou nesta sexta-feira. Em excursão pelos Estados Unidos, o time de Muricy Ramalho fez um amistoso contra o Orlando City, no Complexo ESPN, que faz parte das dependências da Disney, e não conseguiu passar de um empate em 0 a 0. O jogo também marcou a estreia de Alan Kardec, que, abaixo do esperado, foi substituído no segundo tempo.

Depois de testar sua equipe nos Estados Unidos, Muricy Ramalho já começa a pensar no desempenho do São Paulo ao longo do segundo semestre. O primeiro compromisso tricolor no retorno à Série A do Campeonato Brasileiro será no dia 16 de julho, quarta-feira, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova. A equipe do Morumbi ocupa a quarta colocação neste momento.

O jogo - Em um estádio muito acanhado, mais semelhante a um Centro de Treinamento dos times com melhor estrutura, o São Paulo começou a partida em ritmo lento. Diante de um adversário mais fraco, porém embalado, o Tricolor não encontrava dificuldades para trocar passes, era pouco ameaçado, mas ainda assim teve poucas chances claras de gol criadas nos primeiros minutos.

Apenas aos que o São Paulo chegou com mais perigo, mas não foi em jogada trabalhada. Douglas dominou pela intermediária, com muito espaço, emendou o chute de longe, a bola acertou a trave e saiu pela linha de fundo. Dois minutos mais tarde, Kardec teve a chance de balançar as redes em sua estreia com a camisa tricolor, mas perdeu chance incrível após cruzamento de Luis Fabiano.

Divulgação/São Paulo FC
Em seu primeiro jogo com a camisa do São Paulo, Alan Kardec decepcionou (Crédito: Mark Thor/Orlando City)
Neste mesmo lance em que Kardec perdeu o gol quase na pequena área, Luis Fabiano sentiu dores musculares na coxa direta, correu para ser atendido na lateral do campo e não teve mais condições de permanecer em campo. Desta forma, o atacante são-paulino foi substituído por Ademílson, que deu maior mobilidade ao time de Muricy, ainda que pouco para incomodar o Orlando City de forma efetiva.

As melhores chances do primeiro tempo, porém, começaram nos pés de Paulo Henrique Ganso. Aos 22, o camisa 10 deixou Osvaldo na cara do gol, o atacante tentou tirar do goleiro, mas mandou pela linha de fundo. Já no final da etapa complementar, o meia aproveitou a saída de bola errada, entregou para Ademílson dentro da área, o seu companheiro demorou para definir e acabou travado.

No intervalo, para testar uma nova formação, Muricy Ramalho sacou Osvaldo e deu oportunidade para Alexandre Pato mostrar serviço. Em sua primeira oportunidade, o atacante não conseguiu aproveitar o cruzamento de Lucas Evangelista, um dos melhores da equipe tricolor em campo. Aos poucos, ainda que sem velocidade, o São Paulo criava chances de perigo.

Paulo Henrique Ganso, sem marcação, perdeu o gol aos 11. No lance seguinte, acertou o travessão em chute de fora da área. Maicon também teve a sua chance com o chute colocado, mas a bola passou raspando a trave esquerda. Aos 20, Alan Kardec também acertou a trave. Se o São Paulo não marcava, o Orlando até assustava, mas faltava qualidade para incomodar Rogério Ceni.

Já nos minutos finais, que seguiam com a partida em ritmo muito lento, Muricy Ramalho aproveitou para fazer alguns testes. Paulo Henrique Ganso deu lugar a Boschilia, Denílson ocupou a vaga de Maicon, enquanto que Alan Kardec, sem conseguir marcar, foi substituído por Luis Ricardo. As alterações, no entanto, não foram capazes de movimentar o marcador.