Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

São Paulo, Goiás e Olympique prestam homenagem a Fernandão

São Paulo (SP)

Assim como o Internacional, outros clubes em que Fernandão atuou também prestaram homenagem ao ex-jogador, que morreu na madrugada deste sábado, vítima de um acidente de helicóptero, na cidade goiana de Aruanã. São Paulo, Goiás e Olympique de Marselha emitiram comunicado oficial lamentando a morte do ex-atacante.

A equipe goiana, em que Fernandão iniciou a carreira, exibe a mensagem de luto em seu site oficial. No comunicado, o esmeraldino relembra o dia em que o ídolo voltou ao clube, em 2009, chegando ao Serra Dourada em um helicóptero. Assim, o texto lamenta a morte em um acidente aéreo e termina com um agradecimento: “Esteja em paz e muito obrigado Fernandão!”

Depois de sua segunda passagem pelo Goiás, o ex-atacante atuou pelo São Paulo, que também usou o site oficial para prestar sua homenagem, inclusive com uma declaração do goleiro Rogério Ceni.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Último clube da carreira de Fernandão, São Paulo emitiu comunicado de pesar pela morte do ex-jogador
“Conviveu um ano conosco, o suficiente para ser querido e próximo de todos. Uma pessoa espetacular, fora de série, cheia de ideias. Um cara inteligente. Difícil dizer qualquer coisa. É chocante ver a vida de uma pessoa jovem, boa e querida se perder tão drasticamente assim”, disse o jogador.

Fernandão encerrou a carreira nos gramados com a camisa são-paulina, disputando 39 jogos e fazendo oito gols. A primeira equipe internacional defendida pelo ex-jogador também se manifestou neste sábado.

Em nota oficial, o Olympique de Marselha “presta à família e aos próximos suas mais sinceras condolências”. O clube francês lembrou “o rapaz legal e sempre sorridente”, que marcou nove gols em 74 jogos.

Colorados se solidarizam - A morte de Fernandão provocou manifestações de atuais e ex-jogadores do Internacional. Outro ídolo histórico do clube, Paulo Roberto Falcão destacou a convivência de fora de campo.

“O futebol perde uma referência com a morte prematura de Fernandão. Mas, sem dúvida, a perda maior e irreparável é a do ser humano, exemplo de ética, caráter e amigo”, declarou.

O meia Alex, que atuou com o ex-jogador no Inter, emitiu suas condolências. “Ele foi um irmão mais velho para mim. Aprendi muito como profissional e como ser humano com ele. Todos perdemos muito com sua ida prematura. Tinha muita coisa para viver. E sinto demais pela família toda, Fernanda, Enzo e Helloah, a quem tive o prazer de conhecer e de encontrar na festa no Beira-Rio. Dói demais. Não dá para acreditar. Que Deus abençoe seu descanso e que o menino Jesus esteja com sua família. Vai fazer muita falta, como já esta fazendo”.

O zagueiro Juan, que foi treinado por Fernandão no Inter, também se manifestou. “Fiquei muito abalado quando soube da notícia. É uma perda enorme, o nosso futebol está de luto. Só peço que o Fernandão possa descansar em paz. Era uma pessoa sensacional, um líder”, declarou.

Confira abaixo comunicado do Goiás na íntegra:

"Fernandão voltou! Fernandão voltou! OOOOOOHHHHHHH Fernandão voltou!" Inesquecível aquela noite de Goiás e Flamengo em 2009, a torcida realizava um sonho e sonhava alto naquele campeonato... Todos olharam para o céu, porque dentro de um helicóptero estava o ídolo que tanto encantou a todos com seu futebol, sua garra, sua força. Dentro do helicóptero estava aquele que um dia fez o Serra Dourada tremer em um jogo contra o Bahia por conta de um gol antológico.

Hoje a sensação é diferente. É triste. A torcida acorda com a notícia de que um outro helicóptero o levou, mas algo conforta, hoje é uma outra torcida que entoa: "Fernandão voltou! Fernandão voltou! OOOOOHHHH Fernandão voltou!", a torcida celestial que protege a todos nós.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade