Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Seleção chega a São Paulo com atraso e forte esquema de segurança

Bruno Ceccon São Paulo (SP)

Com atraso e forte esquema de segurança, a delegação da Seleção Brasileira chegou a São Paulo na noite desta terça-feira. A capital paulista receberá o primeiro jogo do time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari na Copa do Mundo, marcado para as 17 horas (de Brasília) da próxima quinta, diante da Croácia, no Itaquerão.

O voo fretado que trouxe o grupo da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, partiu com aproximadamente 1h30 de atraso. Um ônibus recolheu a delegação ainda na pista e seguiu para um hotel localizado na Zona Sul.

Dezenas de homens das Polícias Militar e Federal se aliaram ao Exército para garantir a segurança da delegação – integrantes da Companhia de Engenharia de Tráfego também participaram. Um helicóptero ainda acompanhou o deslocamento do ônibus até o hotel na região do Ibirapuera.

O trecho da rua em que o veículo estacionou foi fechado pelas autoridades. Solícitos, alguns moradores cederam suas varandas e janelas a profissionais de imprensa. Com os torcedores e curiosos contidos por gradis, a delegação desembarcou rapidamente sob frio e garoa por volta das 23h15.

A terça-feira, último dia de concentração na Granja Comary antes da estreia, foi marcada pelo falecimento de Tarcísio João Schneider, sobrinho do técnico Luiz Felipe Scolari. O filho da irmã do treinador da Seleção sofreu um acidente automobilístico fatal em Passo Fundo-RS.

Bruno Ceccon/Gazeta Press
A delegação do Brasil chegou a São Paulo após mais de 1h de atraso e com um forte esquema de segurança
Apesar da tragédia familiar, Felipão comandou o coletivo e ensaiou o time que deve ser escalado na partida de abertura da Copa do Mundo, formado por Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar.

A tendência é que o Brasil entre em campo sem surpresas, mas Felipão chegou a ensaiar uma formação mais defensiva nos dois últimos treinamentos, possivelmente para usar com a finalidade de administrar os resultados. Precavido, ele tirou o meia Oscar para testar Henrique e Ramires como volantes.

No último teste antes da partida contra a Croácia, previsto para as 16h15 desta quarta-feira, o elenco da Seleção Brasileira terá seu primeiro contato com o Itaquerão. O reconhecimento do gramado da arena, parte do protocolo da Fifa, terá uma hora de duração.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade