Futebol - ( - Atualizado )

Seleção vê ex-jogadores e ouve mensagem: "Vocês são 200 milhões"

Marcos Guedes e William Correia São Paulo (SP)

Ação de patrocinadores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) formou um time de ex-jogadores da Seleção e o levou ao Morumbi. Eles posaram para fotografias no gramado enquanto os atletas se aqueciam para o amistoso contra a Sérvia, o último na preparação para a Copa do Mundo.

Depois de anunciar as presenças de Ado, Amarildo, Baldocchi, Clodoaldo, Mengálvio, Dino Sani, Edu, Mauro Silva, Pepe, Ronaldão e Zito, o sistema de som apresentou uma mensagem àqueles que brigarão pelo hexacampeonato. “Hoje, vocês não são 11. São 200 milhões”, dizia o texto.

Uma ação semelhante já havia sido realizada no amistoso da semana passada, contra o Panamá, em Goiânia. Na ocasião, o zagueiro David Luiz chamou os ex-jogadores – que não eram os mesmos – para se juntar ao grupo atual durante a execução do Hino Nacional Brasileiro.

Antes de encontrar velhos ídolos da Seleção, os atletas encontraram a esperada dificuldade para chegar ao Morumbi. O trânsito era caótico na sexta-feira paulistana, com chuva e greve de metrô. Mesmo hospedada em um hotel próximo ao estádio, a delegação levou mais de meia hora no trajeto.

Sem os batedores de que dispunha o ônibus da equipe, os torcedores também enfrentaram bastante dificuldade para chegar à arena tricolor. Minutos antes do início da partida, ainda era intenso o movimento do lado de fora, com fãs apressados no caminho do Morumbi.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade