Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Sem entrevistas, EUA voltam a treinar sob forte esquema de segurança

São Paulo (SP)

A preocupação com a segurança de seus jogadores parece ser a prioridade da delegação dos Estados Unidos ao longo da preparação da equipe no CT do São Paulo, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo. Nesta quinta-feira, o time de Jurgen Klinsmann fez mais um treinamento no local, sob forte esquema de escolta e sem nenhuma entrevista dos atletas.

Os repórteres que compareceram ao local, aliás, sequer puderam ver o treinamento. A comissão técnica norte-americana liberou a entrada apenas de fotógrafos e cinegrafistas, que puderam fazer algumas imagens por 15 minutos. Após a atividade, nenhum jogador foi escolhido para conceder entrevista coletiva, o que é comum entre as seleções.

Hospedada em um hotel na região da Avenida Paulista, a delegação norte-americana vem tomando todos os cuidados necessários para evitar qualquer atitude violenta contra os seus jogadores. A recomendação para os atletas é a de que estes caminhem pelas ruas de São Paulo sem o uniforme dos Estados Unidos, como mais uma medida de segurança.

O time comandado por Jurgen Klinsmann estreia na Copa do Mundo apenas na próxima segunda-feira, às 19 horas (de Brasília), contra Gana, na Arena das Dunas, em Natal. Após o duelo contra os africanos, os norte-americanos têm mais dois desafios complicados. Portugal, de Cristiano Ronaldo, e a favorita Alemanha completam o Grupo G.

AFP
O time de Jurgen Klinsmann fez mais um treinamento sob forte esquema de escolta e sem entrevistas

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade