Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Sem tirar foco do México, brasileiros ainda creem na Espanha

Tossiro Neto Teresópolis (RJ)

O treino da última sexta-feira foi transferido para o período da manhã exclusivamente para permitir que os jogadores da Seleção Brasileira assistissem ao duelo entre Espanha e Holanda, dois de seus possíveis adversários nas oitavas de final. Apesar de terem, de fato, acompanhado a partida, os brasileiros negaram a pretensão de achar que já estejam classificados.

"É importante assistir. É uma competição em que a gente também está na briga, e a gente tem que olhar alguns jogadores, como jogam as seleções", explicou o zagueiro reserva Henrique, antes de lembrar que, além da goleada holandesa por 5 a 1 sobre os campeões mundiais de 2010, o elenco também viu a derrota de Camarões para o México, oponente de terça-feira.

"A Espanha é uma seleção de tradição e muita qualidade, e cada jogo é um jogo. Mas temos que pensar primeiramente no México. Depois, a gente vai mentalizando e se preparando para os outros. Seja Espanha, Chile ou Holanda, a gente tem que estar preparado. Mas, agora, estamos pensando só no México", observou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Zagueiro Henrique foi um dos que acompanharam o duelo entre espanhois e holandeses, na sexta-feira
Segundo jogador entrevistado deste sábado, o meia Oscar se preocupou menos do que o colega e falou mais a fundo sobre o que achou da estreia da Espanha. Assim como o zagueiro, ele ainda aposta na recuperação dos últimos campeões, mesmo após o vexame na primeira partida.

"Futebol é assim. A Espanha teve chance de matar o jogo (perdeu uma chance de gol quando vencia por 1 a 0) e não matou. A Holanda também tem uma grande seleção, fez um grande jogo no segundo tempo e venceu. Poderia ter vencido até por mais. Mas a Espanha, todos nós sabemos, é uma grande equipe, que pode se classificar também", avaliou, duvidando que o time espanhol não avance da primeira fase.

"Não acredito. Acho que a Espanha tem um grande time, e essa goleada por servir para fortalecê-lo. Todo o mundo tem que respeitar a Espanha, a última campeã mundial. A Holanda jogou muito bem, mereceu vencer como venceu, mas a Espanha também tem um grande time", concluiu o camisa 11.

Como Henrique disse, no entanto, a Espanha (ou qualquer outra seleção do grupo B) é assunto para o futuro. O próximo compromisso da Seleção será contra o México, na terça-feira, em Fortaleza. O técnico Luiz Felipe Scolari comanda o último treino na Granja Comary na manhã deste domingo, antes da viagem para a capital cearense.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade