Futebol/ Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Sergio Ramos pensa em final contra o Brasil como revanche

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Durante uma conversa sobre projetos sociais com jovens selecionados pela Unicef, que terminou com um bate-bola descontraído no gramado do CT do Caju, o zagueiro Sergio Ramos não fugiu das perguntas sobre Copa do Mundo. Apesar do respeito e da oportunidade de jogar a competição em solo brasileiro, o jogador não esconde que encarar e vencer o Brasil terá um gosto especial.

“Desde pequeno é um sonho. O Brasil é uma seleção muito prestigiada, uma referência, uma favorita”, disse o defensor, que quer devolver a derrota na Copa das Confederações, em 2013, em uma virtual final. “Tivemos uma experiência na Copa das Confederações, e o futebol sempre te dá uma chance de revanche. E saber que o Maracanã será a sede é sempre um extra. As expectativas são boas, sabemos que podemos, mas ganhar o Mundial é sempre complicado”, ponderou.

AFP
Jogador do Real Madrid e seleção espanhola, Sergio Ramos quer jogar final contra o Brasil, no Maracanã

A caminhada tem inicio no dia 13, diante da Holanda, em Salvador. Ramos abe que esse será um momento chave, já que um tropeço pode determinar as chaves após a primeira fase, antecipando um possível encontro como Brasil. “A preparação é sempre muito grande. Sabemos que a Holanda é uma das seleções mais fortes. E estamos trabalhando para conseguir nosso objetivo. Vamos nos centrar em nossa filosofia de jogo para conseguir êxito”, projetou.

O desafio, aliás, é manter o foco nos primeiros adversários e o zagueiro, mesmo com o discurso da humildade, avisa que estão prontos para buscar o título. “Teremos a primeira fase de grupos com três seleções importantes. E antes de pensar nas finais, tem que pensar em ganhar. Humildade no trabalho não podem faltar nunca. Mas, estamos preparados para parar os melhores jogadores do mundo”, finalizou.

A Fúria vai fazer a reedição da final da Copa do Mundo de 2010 em sua estreia contra a Holanda, dia 13 de junho, na Arena Fonte Nova, em Salvador. As outras seleções que integram o Grupo B são Chile e Austrália.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade