Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Seria lindo deixar a Espanha fora, diz Vidal antes de 'decisão'

Belo Horizonte (MG)

O Maracanã será palco de um duelo importantíssimo da Copa do Mundo na próxima quarta-feira, às 13 horas (de Brasília), entre o empolgado Chile e a abatida Espanha. As duas seleções integram o Grupo B ao lado de Holanda e Austrália. Para o volante Arturo Vidal, a possibilidade de deixar os atuais campeões mundiais fora das oitavas de final é “linda”. O jogador garante que estará em melhores condições físicas no próximo jogo e promete aos chilenos mais um triunfo.

“Não estive bem fisicamente diante da Austrália, mas agora estou bem melhor. Meu joelho respondeu bem. Seria lindo eliminar a Espanha. Espero poder jogar, mas isso quem decide é o técnico”, disse nesta segunda-feira, em Belo Horizonte.

O volante deu a receita para vencer os espanhóis: muita coragem. “Esperamos fazer as coisas bem. Não viemos aqui para deixa-los fora, mas sim realizar um sonho que é sair campeão do mundo”.

No entanto, a empolgação de Vidal pode ser barrada pelo técnico Jorge Sampaoli, que testou, no último domingo, o volante Francisco “Gato” Silva entre os 11 iniciais, buscando homens mais altos para sua defesa.

Titular ou não, Arturo Vidal projetou uma Espanha cheia de raiva nesta quarta-feira, após a goleada, de 5 a 1, sofrida diante da Holanda.

“Eles têm qualidade para serem campeões do mundo de novo, vão sair muita raiva, mas nós vamos jogar como sempre... Sendo suicidas”, prometeu.

AFP
Tranquilo, Vidal promete "Chile suicida" contra a Espanha e projeta classificação sul-americana

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade