Copa do Mundo 2014/ Suíça - ( - Atualizado )

Shaqiri será a 'pulga' da Suíça diante da Argentina nas oitavas

Manaus (AM)

Com os mesmos 1,69m do argentino Lionel Messi, o meia atacante Xherdan Shaqiri será a esperança e a “pulga” da Suíça contra a Argentina nas oitavas de final da Copa do Mundo, na próxima terça-feira, na Arena Corinthians, em São Paulo. “Pulga” é como o astro da Alviceleste é chamado carinhosamente por seus fãs por conta de seu tamanho, agilidade e habilidade em conduzir a bola, que parece grudada aos pés do jogador.

Com apenas 22 anos, o meia do Bayern de Munique tem a maneira de jogar, com as devidas proporções, semelhante à de Messi. É canhoto, carrega bem a bola e é eficiente quando ataca pela direita, onde puxa a bola para a perna boa e arremata para o gol. Foi assim, cortando e chutando de canhota, que o jogador nascido em Gjilan (Kosovo) e naturalizado suíço, conseguiu um hat-trick - marcou três gols - na vitória por 3 a 0 sobre Honduras, na quarta-feira, pela última rodada do Grupo E. Triunfo que levou os suíços novamente à fase mata-mata do Mundial.

O segundo gol dele também foi “à la” Messi. Shaqiri recebeu passe no meio, avançou e, com um leve toque de esquerda, tirou do goleiro e fez o segundo contra os hondurenhos. O terceiro, o gol mais fácil, o meia da Suíça, livre no meio da área, chutou fraco, mas o suficiente para tirar o arqueiro de Honduras da jogada e se tornar, com três gols, um dos artilheiros da Copa. Desempenho que não assusta quem acompanha o futebol do jogador, que foi eleito o melhor em campo no jogo de estreia contra o Equador.

AFP
Com um "hat trick", Shaqiri foi eleito o melhor jogador da partida contra Honduras

Shaqiri, de etnia albanesa, quando criança migrou com seu pai para Augst (SUI), no "cantão" da Basileia. Foi revelado no Basel, onde se destacou com títulos que o levaram a estrear com a camisa da seleção suíça em 2010. Dois anos depois foi comprado por uma bagatela de 11,6 milhões de euros pelo Bayern de Munique. No atual campeão alemão, o meia vem encontrando dificuldade em jogar como titular, já que disputa vaga com jogadores como Robben, Kroos, Müller, Ribéry e Götze.

Na temporada 2013/2014, Shaqiri marcou apenas sete gols, seis deles com a camisa do time bávaro e outro pela equipe de seu país, curiosamente contra a Albânia, nas Eliminatórias da Copa. Na Bundesliga, Shaqiri atuou em 14 dos 25 jogos que o Bayern fez, sendo oito como titular, mas sempre em partidas que seu treinador, Josep Guardiola, poupava as maiores estrelas do time. Situação essa que desagrada ao atleta e seu irmão, que é também seu empresário.

AFP
Na temporada 2013/2014, Shaqiri ficou mais no banco do que em campo com a camisa do Bayern e fez apenas seis gols com a camisa do clube bávaro

“Shaqiri tem só 22 anos. Nessa idade, ele precisa jogar com regularidade, o que não vem acontecendo atualmente no Bayern. Estamos esperando até a janela de transferências de verão para ver o que acontece”, afirmou Erdin Shaqiri, que quer mudar os ares do irmão após a Copa do Mundo.

O jornal Daily Mail, da Inglaterra, informou na última quarta-feira que o Liverpool já tem interesse na contratação do jogador, que custaria aos cofres do clube 15 milhões de libras (cerca de R$ 56 milhões de reais). E o autor do “hat-trick” diante de Honduras vê a Premier League com bons olhos: “A Inglaterra é uma opção. Se eu deixar o Bayern, tem de ser para um clube longe da Alemanha e onde eu possa ganhar títulos”.

Shaqiri terá a mais importante missão de sua carreira na próxima terça-feira, quando vai enfrentar o time da “pulga” argentina, Lionel Messi, em São Paulo, em partida válida pelas oitavas de final do Mundial. Curiosamente foi no Brasil, em 1950, que a Suíça conquistou sua melhor participação em Copas do Mundo, um sexto lugar na ocasião. Caso vença a Alviceleste, os suíços poderão igualar o feito.

AFP
Shaqiri acertou um belo chute de canhota no primeiro gol da Suíça contra Honduras

Confira alguns números importantes da carreira de Xherdan Shaquiri:

Títulos:

Basel (SUI): Campeonato Suíço de 2009/2010, 2010/2011 e 2011/2012
                    Copa da Suíça de 2009/2010 e 2011/2012

Bayern de Munique (ALE):

Bundesliga de 2012/2013 e 2013/2014
Copa da Alemanha de 2012/2013 e 2013/2014
Supercopa da Alemanha de 2012
Liga dos Campeões de 2012/2013
Supercopa Europeia de 2013
Mundial de Clubes Fifa de 2013

Prêmios Individuais:

Melhor jogador da partida da Copa do Mundo de 2014 – Suíça 2 x 1 Equador
Melhor jogador da partida da Copa do Mundo de 2014 – Honduras 0 x 3 Suíça