Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Sócrates é aplaudido em homenagem a ídolos alvinegros do passado

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Os placares do estádio de Itaquera exibiram, no intervalo da partida entre Corinthians e Botafogo, um vídeo que exaltou ídolos do passado do clube do Parque São Jorge. De Amílcar Barbuy a Sócrates, 17 nomes foram lembrados, com uma trilha sonora dramática.

A figura de cada jogador era acompanhada do símbolo do Corinthians de sua época e de uma pequena descrição como “Baltazar, o Cabecinha de Ouro”. A linhagem foi restrita até os ídolos da década de 1950, com uma única exceção: Sócrates, que defendeu o time até 1984.

Os jogadores homenageados foram os seguintes: Amílcar, Neco, Del Debbio, Grané, Tuffy, Teleco, Servílio, Domingos da Guia, Luizinho, Gylmar, Baltazar, Cláudio, Carbone, Idário, Mário, Roberto Belangero e Sócrates. O último, que morreu no final de 2011, foi bastante aplaudido.

“Obrigado, mestres. Estarão eternamente em nossos corações”, dizia a mensagem no placar ao fim da homenagem. Houve nova rodada de aplausos dos torcedores corintianos, satisfeitos naquele momento com a vitória parcial por 1 a 0 sobre o Botafogo.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Torcedores do Corinthians aplaudiram bastante o militante, artista e médico Sócrates

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade