Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Suárez sai carregado de campo e chora ao falar sobre recuperação

São Paulo (SP)

Antes do início da Copa do Mundo, havia dúvida até mesmo se Luis Suárez conseguiria estar em campo em algum jogo do Uruguai na competição. O atacante, estrela da equipe, não participou da derrota contra a Costa Rica, mas voltou nesta quinta-feira e renasceu ao lado de sua seleção. Na Arena Corinthians, o jogador do Liverpool marcou os dois gols da vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra.

Na comemoração, o atacante não escondeu a emoção ao correr para abraçar o fisioterapeuta Walter Ferreira, um dos responsáveis por sua recuperação. Após o apito final, saiu carregado de campo pelos seus companheiros e não pôde evitar as lágrimas ao falar sobre a sua atuação.

“Evidentemente depois de tudo o que vivi, jogar contra a Inglaterra por tudo o que se falou sobre mim e o que o pessoal comentou era importante. Era com que eu sonhava, pensei nisso muitas vezes e houve essa emoção por tudo e por esse último mês em que sofri muito por conta da lesão. Com o apoio do time, da minha mulher e dos filhos, e também a grande ajuda de Walter Ferreira, sem ele não estaria aqui. Gostaria de agradecer”, disse Suárez, em entrevista ao Sportv.

Depois de receber muitas críticas, principalmente por não estar em campo na derrota de sua equipe, por 3 a 1, para a surpreendente Costa Rica, o atacante respondeu dentro de campo e agora já projeta o jogo decisivo contra a Itália, já que a Celeste Olímpica ainda está viva na disputa por uma vaga nas oitavas de final.

“Vocês devem imaginar. Sofremos muito, mas o importante era ganhar, era o que queríamos e agora precisamos aproveitar, descansar e pensar na Itália”, revelou o atacante uruguaio, melhor em campo nesta quarta-feira, e responsável por deixar a Inglaterra em situação muito delicada.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Na comemoração do primeiro gol, Suárez correu para comemorar com o fisioterapeuta Walter Ferreira