Futebol/ Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Suker vê superioridade brasileira, mas avisa que Croácia dará ‘150%’

Rio de Janeiro (RJ)

O ex- jogador e atual presidente da Federação Croata de Futebol, Davor Suker, está no Brasil e afirmou que a Seleção Brasileira é favorita ao título e para vencer o jogo de estreia contra a equipe de seu país. No entanto, avisou que a Croácia pretende vender caro a derrota.

“O Brasil é favorito para conquistar a Copa do Mundo e certamente tem um time muito melhor que o nosso. Há vários jogadores ali que podem meter três gols na gente. Só não pensem que podem facilitar. A Croácia não espera nada desse jogo, mas vai deixar tudo no campo. Vamos dar 150%”, disse no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira, o artilheiro da Copa do Mundo de 1998.

Uma das referências no ataque da seleção croata, o atacante Mandzukic, não poderá atuar diante dos brasileiros devido à sua expulsão no jogo contra a Islândia na repescagem das eliminatórias para o Mundial. Suker lamentou a ausência do artilheiro na partida de estreia, já que seria uma preocupação a mais para a defesa do time de Felipão. “Pena que Mandzukic não estará jogando, pois ele colocaria pressão na defesa brasileira”, afirmou o ex-atacante, que marcará presença no jogo de abertura desta quinta-feira, na Arena Corinthians.

Depois do jogo de estreia contra o Brasil, a Croácia vai enfrentar Camarões, no dia 18 de junho, na Arena Amazônia e encerra sua participação na primeira fase diante do México, dia 23, na Arena Pernambuco.

Reprodução/Facebook
Artilheiro da Copa do Mundo de 1998, na França, Suker (à direita), avisa pra Brasil não facilitar no jogo contra a Croácia

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade