Futebol Internacional/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Técnico bósnio da Argélia exalta "trabalho duro" e vitória em amistoso

Argel (Argélia)

Após desembarcar em solo brasileiro no domingo, a Argélia se instalou em Sorocaba, seu “quartel-general” durante a Copa do Mundo de 2014. Responsável por comandar a seleção africana, candidata à “zebra” do Grupo H, o técnico bósnio Vahid Halilhodzic se mostrou satisfeito com o plantel e expôs o trabalho intenso desempenhado pelos jogadores durante os treinamentos.

“Nós estamos esperando por esse momento há três anos e trabalhamos duro para chegar até aqui. Toda a disposição apresentada anteriormente mostra que estamos prontos para competir na Copa do Mundo. Vamos tentar passar de fase na terceira rodada. Agora, se nossa equipe será capaz de fazer isso, é difícil dizer”, sintetizou, em entrevista ao site Competition.

Adiante, Halilhodzic exaltou a vitória sobre a Romênia, por 2 a 1, em amistoso disputado na última semana, e projetou um duelo difícil na estreia do Mundial, diante da Bélgica: “O triunfo passado nos deu muita satisfação. Agora, precisamos continuar trabalhando desta forma no Brasil, para resolver as pendências finais. Não podemos dizer que a Bélgica é mais forte do que nós. Mas, em um jogo, tudo pode acontecer. Se quisermos os três pontos, teremos que desempenhar um papel excepcional”, discorreu.

A estreia argelina diante dos europeus está marcada para o dia 17 de junho, às 13 horas (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte-MG. Completando a chave, a Rússia mede forças com a Coreia do Sul, no mesmo dia, mas às 19 horas, na Arena Pantanal, em Cuiabá-MT.

AFP
"Não podemos dizer que a Bélgica é mais forte do que nós", disse o comandante bósnio Halilhodzic

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade