Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Técnico brasileiro morre na Guatemala após ataque cardíaco

São Paulo (SP)

O técnico brasileiro Paulo César Barros morreu após sofrer um ataque cardíaco, na última segunda-feira. Aos 55 anos, o profissional faleceu na cidade de Malacatán, localizada no Sudoeste da Guatemala. Barros acabara de ser contratado para assumir o Deportivo Malacateco, que disputa a primeira divisão guatemalteca.

A Federação Nacional de Futebol da Guatemala emitiu um comunicado oficial para lamentar a morte do treinador e enviar condolências aos familiares. Paulo César Barros deixa dois filhos, Pablo Junior e Carlos Andair, que são jogadores do Deportivo Suchitepéquez, também da Guatemala.

Desconhecido no Brasil, Barros atuou como jogador na América Central, nos anos 80. Como treinador, ele dirigiu clubes como Halcones FC, Xinabajul e Aurora, todos da Guatemala.

O corpo de Paulo César Barros foi velado em Quetzaltenango, na presença de familiares, amigos e companheiros no futebol.