Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Técnico Carlos Queiroz se despede da Copa e da seleção do Irã

Salvador (BA)

A Bósnia derrotou o Irã por 3 a 1 na Arena Fonte Nova, em Salvador. A equipe europeia já não tinha chances de se classificar, mas os iranianos tentavam buscar a última vaga no Grupo F. Não deu para a equipe de Carlos Queiroz, que viu a qualidade técnica dos bósnios superarem a de seus comandados e lamentou a eliminação, ressaltando a experiência europeia dos adversários como diferencial.

“Tentamos o nosso melhor, fomos até o limite da nossa energia mental e capacidade. Os jogadores lutaram e deram tudo de si, mas hoje a experiência dos adversários e a capacidade de jogar na Europa fizeram diferença”, afirmou o técnico.

AFP
Queiroz se despede do Mundial e do Irã
Queiroz descreve a experiência do Mundial como fantástica. “O mais importante foi aprender. E se os atletas trabalharem e investirem no futuro terão as mesmas chances dos outros times. Algumas coisas precisam ser feitas para atingir o nível dos outros jogadores, é um longo caminho a ser percorrido. Mas agora é não perder tempo e já começar a trabalhar.”

A derrota marca não só a eliminação do Irã no Mundial, mas a despedida do treinador português da equipe. Queiroz já havia anunciado sua saída da seleção logo após a desclassificação na Copa do Mundo. Assim, o Irã, que nunca avançou às oitavas e marcou apenas um gol neste Mundial, se despede da Copa do Mundo.