Futebol/Copa 2014 - ( )

Técnico da Costa Rica vê equipe forte mesmo após empate

Belo Horizonte (MG)

Embora não tenha saído do 0 a 0 com a Inglaterra, a Costa Rica garantiu a classificação em primeiro lugar do “grupo da morte” com o resultado. Após vencer Itália e Uruguai, o técnico Jorge Luis Pinto faz história na seleção e não tem do que reclamar.

“São três potências do mundo do futebol: Inglaterra, Itália, Uruguai. Jogamos de igual de para igual, não nos intimidamos e mostramos um bom futebol, com uma equipe segura, bem estruturada, dinâmica. Gostei muito dos três jogos”, analisou.

A Costa Rica acabou a primeira fase da Copa do Mundo com sete pontos. O treinador minimizou o empate com a Inglaterra, uma vez que os britânicos não deram moleza em campo, apesar de terem jogado já eliminados.

“Estamos invictos, mas não era fácil o jogo. A Inglaterra não queria voltar sem um triunfo e nos apertaram. Sterling, Rooney, Gerrard complicaram um pouco. Essas trocas dificultaram o jogo”, afirmou se referindo aos jogadores que entraram em campo no decorrer da segunda etapa pelo lado inglês.

Jorge Luis Pinto também revelou seus desejos depois da classificação em primeiro e agradeceu à torcida. “Um pouco mais de descanso e talvez um rival que seja justo para nós”, disse. “Muito obrigado pelo apoio e continuamos com tudo. Não vamos esmorecer”, prometeu.

O adversário de La Sele nas oitavas de final será a Grécia. O compromisso está agendado para domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata-PE.

AFP
Jorge Luis Pinto aprovou o empate de La Sele com a Inglaterra no Mineirão: "Mostramos um bom futebol"