Copa do Mundo 2014/ Bósnia e Herzegovina - ( )

Técnico despista sobre tática para jogo decisivo contra a Nigéria

Guarujá (SP)

A Bósnia tem no jogo contra a Nigéria, no próximo sábado, uma decisão sobre sua situação na Copa do Mundo. Sem pontuar no Mundial, a equipe europeia precisa vencer para manter vivas as esperanças de uma classificação às oitavas de final. No entanto, mesmo com a necessidade da vitória, o técnico bósnio Sasef Susic diz não saber qual forma tática irá utilizar contra os africanos.

AFP
Treinador da Bósnia prevê muitas dificuldades para furar bloqueio da Nigéria no jogo do próximo sábado

“Precisamos estar bem compactos na defesa. Ainda não sei se vamos mudar a tática contra a Nigéria. Daqui a dois dias devo decidir o que fazer. Não tenho motivos para ter pressa”, explicou o comandante, em entrevista desta terça-feira, no Guarujá, litoral sul de São Paulo, local onde a Bósnia treina durante a Copa.

Susic ainda elogiou a defesa nigeriana – não levou gols no empate com o Irã – e avisou que a equipe do leste europeu não vai entrar pensando em um possível empate: “É difícil depois de apenas um jogo conseguir formar alguma opinião definitiva sobre a Nigéria, mas no ano passado, eles ficaram vários jogos sem sofrer gols. Acho que vai ser o adversário mais difícil. Nós não sabemos jogar para empatar e nunca jogamos para empatar”.

Europeus e africanos se enfrentarão no sábado, às 19 horas, na Arena Pantanal, em Cuiabá, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo F. A Argentina lidera a chave, com três pontos, e enfrenta no mesmo dia o Irã, às 13 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte.