Futebol - ( - Atualizado )

Técnico do Brasil elogia torcida no Morumbi e espera apoio em Itaquera

Marcos Guedes e William Correia São Paulo (SP)

A Seleção Brasileira ouviu vaias no final do primeiro tempo, com o placar zerado, e não conseguiu aprovação total após a vitória por 1 a 0 sobre a Sérvia, na sexta-feira, no Morumbi. O técnico Luiz Felipe Scolari disse não ter estranhado a contestação, aprovou o comportamento dos torcedores e imaginou cenário semelhante na abertura da Copa do Mundo, na próxima quinta, contra a Croácia.

“É normal. (As vaias) apareceram lá em Goiânia também (na vitória por 4 a 0 sobre o Panamá) e em outros locais onde a equipe jogou por 10 ou 15 minutos fora da condição em que sempre joga. Não foi problema nenhum para os jogadores, que estão preparados e sabedores de que, não jogando bem, vão ter uma ou outra discordância com o torcedor”, afirmou o gaúcho.

O triunfo de sexta foi o primeiro jogo de Felipão à frente da Seleção em São Paulo. O público foi até mais compreensivo do que costuma ser na capital paulista, mas mostrou sua insatisfação em alguns momentos. Quando saiu o gol de Fred, parte do estádio tricolor havia acabado de gritar o nome de Luis Fabiano, que não faz parte do grupo verde-amarelo.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Jogadores da Seleção aplaudem os torcedores após o triunfo da Seleção Brasileira sobre a Sérvia
Com a vantagem no marcador, a cobrança diminuiu, mas não cessou completamente. Houve novas vaias a Neymar no momento de sua substituição e impaciência em um lance no qual a equipe mantinha a posse de bola no campo de defesa, gastando o tempo. No apito final do árbitro paraguaio Enrique Cáceres, a satisfação superou as queixas.

“Qual foi o público? Foram 67 mil pessoas? Pois 65 mil saíram satisfeitas. Temos que agradecer ao torcedor porque foi paciente em determinados momentos e ajudou a Seleção a conseguir essa vitória. Foi um cartão de visita muito legal para o jogo contra a Croácia. Acho que vamos ter um apoio legal, como tivemos hoje”, previu o comandante.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade