Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Técnico grego quer Costa do Marfim com força máxima

Aracajú (SE)

O técnico da Grécia, o português Fernando Santos, admitiu neste sábado que prefere que a Costa do Marfim, próxima rival dos europeus no Grupo C da Copa do Mundo, esteja com todos os seus craques em campo. Para ele, isso fez a diferença no primeiro confronto dos gregos no Mundial, contra a seleção colombiana.

“Diante da Colômbia, foi péssimo o Falcao não ter jogado. Porque eles tinha 11 bons jogadores e se um não joga, estão outros para repor. Nós não nos demos conta disso e pagamos caro. Por isso, quero que Drogba, Touré e todos os principais jogadores da Costa do Marfim joguem. Se não, adeus Grécia”, ironizou o português em coletiva de imprensa.

Para Fernando Santos, os jogadores gregos têm que estar totalmente concentrados na partida contra os africanos. "Precisamos estar ligados durante todo o jogo, já que não estivemos assim diante da Colômbia. Faltou atenção de nossa parte e contra o Japão já melhoramos muito esse aspeto", afirmou.

A seleção grega enfrenta a Costa do Marfim na próxima terça-feira, no Estádio do Castelão, em Fortaleza, às 17h (de Brasília).

AFP
Fernando Santos quer Costa do Marfim com força máxima contra a seleção grega (Foto:ARIS MESSINIS)