Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Tecnologia da ‘linha do gol’ é usada de forma efetiva pela primeira vez

Porto Alegre (RS)

A tecnologia que confirma se a bola atravessou a linha do gol foi usada de forma efetiva pela primeira vez na Copa do Mundo. Neste domingo, na vitória fácil da França, por 3 a 0, sobre Honduras, no Beira-Rio, em Porto Alegre, o segundo gol do time europeu foi polêmico, mas a câmera posicionada na linha das traves indicou que a bola havia entrado.

No lance, Bezema recebeu no lado esquerdo da área, desviou para o gol, a bola tocou na trave, desviou no goleiro hondurenho e foi em direção às redes. O arqueiro Valladares ainda tentou salvar, mas não teve êxito. Imediatamente, avisado pela nova tecnologia, o árbitro Sandro Meira Ricci apontou o centro do campo.

A Fifa sempre teve uma posição rígida com relação ao uso de aparatos tecnológicos no futebol mundial, mas nesta Copa do Mundo se rendeu ao dispositivo que indica se a bola realmente atravessou a linha do gol. Desde o início da competição, a entidade vem mostrando o uso do novo dispositivo, mas ainda não havia acontecido nenhum lance polêmico que precisasse efetivamente do recurso.

Desta forma, coube ao árbitro Sandro Meira Ricci de apontar o primeiro gol com o auxílio da tecnologia da ‘linha do gol’. Ainda com relação a novidades nesta Copa do Mundo, o Brasil, país-sede da competição, tem outra participação efetiva: também pela primeira vez a Fifa vem utilizando o spray para marcar a linha da barreira e o local da cobrança das faltas.

Edu Andrade/Gazeta Press
Após toque de Benzema, a câmera posicionada na linha das traves indicou que a bola havia entrado

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade