Futebol/Copa 2014 - ( )

Thiago Silva pede melhora de laterais a atacantes da Seleção

Tossiro Neto Teresópolis (RJ)

O atual capitão da Seleção Brasileira tem prazer de usar a braçadeira e exercer a função que lhe foi atribuída pelo técnico Luiz Felipe Scolari. Mesmo poupado do amistoso de terça-feira, contra o Panamá, Thiago Silva fez observações ao assistir à partida para, no dia seguinte, cobrar seus companheiros.

"Faz parte da minha vida. Até mesmo em casa, eu me sinto um capitão. A última palavra é sempre a minha, é sempre 'ok'", brincou, antes de falar com seriedade. "Ainda não tive oportunidade de conversar com o Felipão, mas, com alguns jogadores, sim. No treinamento, com o Daniel (Alves, lateral direito) e o Ramires (volante), pedi atenção defensiva maior", contou.

Afora o companheiro da primeira linha e o meio-campista, também os homens de frente poderiam ter rendido mais em Goiânia, na opinião do defensor. "No primeiro tempo, vi um time um pouco abaixo do que está acostumado a fazer. No segundo, vi outra equipe, bem compacta, com todos atacando a bola juntos. Se o Fred pega lá na frente, se o Neymar corre cinco metros mais, facilita muito", advertiu.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Capitão da Seleção Brasileira não poupou companheiros de observações críticas pelo amistoso de terça
"Isso é o que precisa ser corrigido e o que o Felipão tem pedido sempre. O time tem que estar bem compacto. Principalmente nesse momento de preparação, em que não estamos ainda no auge físico, isso requer mais concentração, melhor posicionamento. Se estiver organizado, o time consegue desenvolver melhor seu futebol. Nos treinamentos, principalmente, nosso time não estava organizado", observou.

Ainda que seja o principal, Thiago Silva não é o único líder da Seleção. O goleiro Júlio César, o também zagueiro David Luiz e o atacante Fred são outros jogadores com aval de Felipão para lidar com o restante do time fora e dentro de campo. "Independentemente de onde estiver, sempre tem um capitão", explica o único dos quatro a usar a braçadeira.

Poupado do jogo de terça-feira, contra o Panamá, para poder adquirir melhor condicionamento físico, Thiago Silva deve estar entre os titulares no amistoso de sexta-feira (contra a Sérvia, no Morumbi), o último antes da estreia da Seleção na Copa do Mundo, marcada para 12 de junho (frente à Croácia, em Itaquera).

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade