Futebol/ Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Torcedor argentino é barrado pela polícia em aeroporto de São Paulo

São Paulo (SP)

Um torcedor argentino foi deportado nesta segunda-feira em uma tentativa de entrar em território brasileiro. A Polícia Federal alegou que Raul Daniel Attardo, de 45 anos, faz parte de uma lista de 2100 nomes envolvidos em atos de violência em estádios da Argentina. O departamento policial do país sul-americano colaborou com o governo brasileiro, através de um programa de cooperação internacional.

O “barra-brava”, membro de torcida organizada, desembarcou no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na manhã da última segunda-feira, mas foi barrado ao tentar passar pelo posto de imigração. À tarde, o argetino foi enviado de volta a Rosário, sua cidade natal.

A Polícia Federal vem reforçando o controle de entrada de torcedores já há algumas semanas. No sábado, um fã da seleção dos Estados Unidos teve sua entrada proibida, no areporto do Galeão, no Rio de Janeiro, devido a um crime sexual que cometeu.

Os policiais de todos os países participantes do Mundial colaboram com a Polícia Federal brasileira, monitorando a entrada de torcedores estrangeiros.

Divulgação
Polícia Federal tem ação conjunta com outras polícias para controlar entrada de estrangeiros no Brasil

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade