Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Torcedores ainda buscam ingressos, e polícia reforça cerco ao estádio

Luiz Ricardo Fini e William Correia São Paulo (SP)

A quatro horas do início da partida entre Brasil e Croácia, torcedores que não compraram ingressos ainda tentam se aproximar do estádio de Itaquera em busca da tão sonhada entrada para a Copa do Mundo. No entanto, o cerco formado pela polícia impede que os fãs sem tickets cheguem muito perto da arena. Os bloqueios também são feitos com a intenção de frear os protestos que têm o jogo como alvo.

A maior concentração de torcedores em busca de ingressos foi formada na saída das estações de metrô e trem que dá acesso ao estádio. Para deixar a plataforma de Itaquera e se dirigir para o estádio, os torcedores obrigatoriamente têm de exibir suas entradas. Uma pessoa até tentou driblar o esquema de segurança, esgueirando-se entre duas cercas de proteção, mas foi flagrado pelos agentes e acabou retirado do local.

Enquanto isso, nas saídas da estação, há os esperançosos que ainda exibem faixas com mensagens como “Preciso de ingresso”, em inglês e português. Os mais confiantes até abordam os torcedores, mas ninguém se dispõe a vender o próprio bilhete.

A polícia vem fazendo desde a manhã revistas nos veículos credenciados que se aproximam da arena. Até mesmo os ônibus oficiais da Fifa são parados nos bloqueios feitos a cerca de dois quilômetros do local da partida, pois o agente observa se cada passageiro tem credencial ou ingresso.

A partida entre Brasil e Croácia está agendada para 17 horas (de Brasília), pela abertura da Copa do Mundo. O último lote de ingressos foi liberado para venda pela Fifa na semana passada.

Marcelo Ferrelli/Gazeta Press
A poucas horas do início do jogo, torcedores buscavam entradas para Brasil x Croácia

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade