Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Valentim valoriza trabalho “muito importante” para si e para Verdão

Caxias do Sul (RS)

Ao receber a noticia de que Gilson Kleina estava demitido do Palmeiras, o torcedor alviverde mostrou preocupação com relação a quem ocuparia o cargo. A diretoria do clube não teve pressa para fechar com um novo treinador, que seria Ricardo Gareca, e colocou Alberto Valentim como interino para ‘apagar o incêndio’. Sob desconfiança, o comandante surpreendeu, emplacou três vitórias seguidas logo de cara e espantou a crise.

Após seis jogos, Valentim encerrou o seu trabalho neste domingo, com um empate sem gols diante do Grêmio. Agora, a missão de comandar o Palmeiras será de Ricardo Gareca, mas o interino permanecerá na comissão técnica para auxiliar o argentino. Ao rever o que foi feito neste período, Alberto revela que não foi importante apenas para o Verdão, mas também para si mesmo.

“Particularmente, para mim foi um período muito importante, porque tive uma sequência maior. Já tinha tido uma sequência no Atlético-PR, mas não com essa sequência de jogos. Para mim foi muito bom e para o Palmeiras também. Passamos de fase na Copa do Brasil e melhoramos na classificação. E ainda retomamos aquela classificação que tínhamos perdidos há alguns jogos”, analisou Valentim.

Divulgação
O interino acredita que o trabalho foi bom para si e para o Verdão (Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras)
Animado com a impressão deixada para o torcedor nestes seis jogos, o treinador interino prevê uma equipe ainda mais forte após a parada para a Copa do Mundo. Com a possível chegada de reforços, o retorno de atletas lesionados e o comando de Ricardo Gareca, Alberto Valentim espera ver o Palmeiras brigando pelo título da Copa do Brasil e também do Brasileiro.

“O Palmeiras vai lutar pelas primeiras colocações com certeza. Nós vamos lutar pelo título da Copa do Brasil. Depois de um período que vamos lutar pelas primeiras colocações, nós vamos nos consolidarmos no G4, para depois falarmos em título brasileiro”, projetou Valentim, animado com o futuro do Palmeiras no restante do ano do centenário do clube.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade