Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

"Vamos ganhar. Não será meu último jogo", diz técnico Hitzfeld

Porto Seguro (BA)

Na Copa da África do Sul, em 2010, a Suíça precisava vencer Honduras por 2 a 0 para avançar às oitavas de final. Porém, o jogo acabou em um empate sem gols e a Suíça caiu ainda na primeira fase. Este ano, diante do mesmo adversário e podendo se classificar até mesmo com uma derrota, os suíços se mostram mais otimistas.

“O importante agora é manter a calma, sem aborrecimentos. É claro que Honduras está melhor aclimatada do que nós para jogar em Manaus, mas também estamos muito bem preparados. Nós vamos vencer Honduras. Eu estou confiante que vamos passar para a segunda fase”, afirmou o comandante Ottmar Hitzfeld.

Apesar da goleada sofrida contra a França, o treinador quer deixar isso no passado e não culpa seus comandados pela derrota. “Nós somos um time. Eles têm potencial para fazer melhor e veremos isso no próximo jogo. Não vamos desistir por causa de uma derrota, precisamos olhar pra frente, esquecer o que aconteceu. Nós vamos chegar às oitavas, vamos vencer, é por isso que estamos aqui”, declarou.

AFP
Ottmar Hitzfeld, que se aposenta após Mundial, confia na classificação da Suíça (Foto: Anne-Christine Poujoulat/ AFP)

O duelo entre suíços e hondurenhos será na próxima quarta, às 17h, na Arena Amazônia. França e Equador se enfrentam no mesmo horário, no Maracanã. Se a França vencer, a Suíça depende de uma vitória simples ou de um empate para se classificar. Dependendo do número de gols que a França fizer, os suíços podem avançar na fase de grupos mesmo sofrendo a derrota. Caso o Equador vença, a situação da Suíça fica mais complicada, pois depende do saldo de gols para chegar às oitavas.

Mas para Hitzfeld, nada disso será problema. O técnico, que se aposenta após o Mundial no Brasil, acredita na Suíça. “Vamos ganhar. Não será meu último jogo, estou muito confiante.”