Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Verdão celebra primeiro jogo-treino como prova de obediência a Gareca

William Correia Atibaia (SP)

O primeiro jogo-treino do Palmeiras sob o comando de Ricardo Gareca terminou com vitória de 8 a 1 sobre o Grêmio Barueri, sendo que os titulares impuseram 6 a 0 em uma hora de participação diante do time da segunda divisão paulista. Os jogadores, contudo, deixam o resultado de lado para celebrar a obediência ao técnico.

“No jogo-treino, mais importante do que o resultado, é fazer o que ele pede, obedecer bem as instruções que ele passa e cada vez mais vamos ficando entrosados em relação a isso”, comentou Marcelo Oliveira, que atuou como zagueiro ao lado de Lúcio.

Durante a atividade, o argentino chegou a se sentar em cadeira do lado de fora do gramado. Pouco atuou, ajustando posicionamentos somente durante os intervalos. Ao contrário do que costuma fazer em coletivos, quando participa ativamente com gritos e orientações.

“Ele já vem observando. Desde o primeiro dia com ele, tivemos contato com bola e ele está acompanhando bem”, falou Marcelo Oliveira, recusando-se a fazer qualquer tipo de comparação entre o novo treinador e o seu antecessor, Gilson Kleina.

“É difícil comparar. Não gosto de comparar para ninguém entender errado. Cada um tem a sua forma de trabalhar. O Gareca tem a dele e estamos nos adaptando bem. Tenho certeza de que Palmeiras fará grandes jogos com ele também”, apostou o volante de origem.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Treinador argentino mais observou do que deu instruções durante o jogo-treino diante do Grêmio Barueri