Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Vice-presidente do São Paulo anuncia acerto com Kaká até dezembro

São Paulo (SP)

Uma das revelações que mais orgulham o são-paulino está de volta ao clube. O vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro anunciou o acerto com todas as partes envolvidas para que Kaká, de saída do Milan, defenda o Tricolor por empréstimo até o final deste ano.

“Depois de 60 dias de negociação, estamos acertados. Em termos de valores e negociação, está tudo acertado, entre todas as partes envolvidas, que são o Milan, a Liga Norte-americana, o Orlando, o Kaká e o São Paulo Futebol Clube”, disse o dirigente ao Sportv neste domingo.

A conclusão total da transação depende, somente, de detalhes burocráticos, a começar pelo desligamento do jogador do Milan, que ocorrerá nesta segunda-feira. “Não existe nada ainda formalizado. Existem algumas etapas ainda a serem corridas”, afirmou Ataíde Gil Guerreiro, explicando os caminhos que ainda faltam para o anúncio oficial.

“Ele tem uma cláusula contratual na qual, se o Milan não fosse para a Liga dos Campeões, ele se desligaria sem nenhum custo, e vai se desligar amanhã (segunda-feira). Nos Estados Unidos, quem contrata é a Liga, e os clubes têm o direito de escolher três jogadores, o Orlando escolheu o Kaká. Após ele assinar com a Liga, fará exames médicos na semana que vem, a Liga o passa ao Orlando e ele fará um contrato conosco de empréstimo por seis meses até 31 de dezembro”, detalhou.

Divulgação/São Paulo FC
Kaká visitou CT tricolor em maio e, agora, trabalhará com Muricy Ramalho, Alexandre Pato e Luis Fabiano
Animado, o vice-presidente de futebol são-paulino assegura que a contratação terá sucesso não apenas baseado no que Kaká já fez na carreira, chegando a ganhar o título de melhor jogador do mundo da Fifa em 2007. Ataíde Gil Guerreiro confia no ânimo e, também, na condição física do astro que retorna ao Morumbi.

“O Kaká não só está empolgado como está na plenitude da sua forma. O problema com o Real Madrid foi de discussões de posicionamento em relação ao técnico. Como o Milan não está muito bem de elenco, sem condições de disputar as principais posições, ele colocou essa cláusula de saída. Ele vem para o São Paulo com todo o ânimo possível, na plenitude da forma atlética”, comemorou.