Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Volpi pede mudança de postura durante Copa: "Desse jeito não vai dar"

Florianopolis (SC)

O Figueirense fez história ao vencer o Corinthians, na primeira partida oficial da Arena Corinthians, pelo placar de 1 a 0. Porém, os comandados de Guto Ferreira entram na pausa para a Copa do Mundo amargando a lanterna do Campeonato Brasileiro, com uma campanha de uma vitória, um empate e sete derrotas em nove jogos disputados. Seu ataque produziu apenas três gols, ao passo que a defesa acabou vazada em 14 oportunidades.

Titular na meta alvinegra, o goleiro Tiago Volpi mostrou-se preocupado com a ameaça de rebaixamento e pediu uma mudança de postura durante o recesso: “Precisamos usar essa folga para colocar as coisas no lugar e ver o que está acontecendo, pois desse jeito não vai dar. Não merecemos passar por isso, muito menos o nosso torcedor. Porém, posso admitir que não está faltando entrega. O plantel está tentando”, sintetizou, em entrevista à rádio CBN/Diário, de Florianópolis.

Ao recordar o último duelo do Furacão do Estreito na elite nacional – a derrota para o Atlético-PR no Orlando Scarpelli, pelo placar de 3 a 1 – Volpi não escondeu a tristeza e expôs o abatimento de seus companheiros: “No primeiro tempo tivemos uma bola na trave e exigimos uma defesa milagrosa do goleiro. A bola não entrou. Aí, minutos depois, o adversário vai lá e balança a rede no último minuto. Isso desestabiliza qualquer equipe. Não sei mais o que falar”, finalizou.

O próximo compromisso da equipe florianopolitana será diante do Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em partida inicialmente marcada para o dia 16 de julho, quarta-feira.

Divulgação/Figueirense F.C.
"Precisamos usar a folga para colocar as coisas no lugar", admitiu Volpi (Foto: Luiz Henrique/Site oficial)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade