Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Wilmots manterá rotação no time titular em segunda fase da Copa

Mogi das Cruzes (SP)

Sem repetir o mesmo time titular em nenhum dos três jogos disputados pela Bélgica na Copa do Mundo até então, o técnico Marc Wilmots se disse satisfeito com o desempenho de seu time, que soma três vitórias em três jogos na competição. E, se depender do comandante, a tática será mantida.

“Tenho 23 jogadores. Seria estúpido de minha parte não usá-los quando tenho as opções certas para cada oponente. Meu time titular nunca é o mesmo porque o adversário nunca é igual ao que enfrentamos na partida anterior”, afirmou.

Com a estratégia, Wilmots já aproveitou 20 dos 23 jogadores convocados pela Bélgica em partidas da Copa do Mundo. As únicas exceções foram os goleiros reservas, Simon Mignolet e Sammy Bossut, além do zagueiro Laurent Ciman. isso porque, além das mudanças na escalação inicial, o técnico também costuma aproveitar as três substituições durante os jogos, mas sem seguir o óbvio e repetir as alterações de outros duelos.

AFP
Marc Wilmots não gosta de ter um time titular fixo e varia a escalação confirme o adversário

“Muitas partidas são decididas no final. Muitas vezes não tem sentido em colocar um jogador nos minutos finais, porque eles não têm tempo suficiente para entrar no ritmo do jogo. Então, depois dos 15 minutos do segundo tempo, um novo jogador pode trazer vitalidade enquanto os oponentes estão começando a cansar e ainda tem tempo para se inserir na partida”, explicou o treinador belga.

A Bélgica enfrenta os Estados Unidos na próxima terça-feira, às 17h (de Brasília), na Fonte Nova, em Salvador. O duelo fecha as oitavas de final da Copa do Mundo de 2014.