Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Zaccheroni reconhece méritos da Costa do Marfim: "Foram muito talentosos"

São Lourenço da Mata (PE)

Alberto Zaccheroni reconheceu a superioridade da Costa do Marfim na primeira rodada da Copa do Mundo. O treinador italiano do Japão lamentou que sua equipe não tenha conseguido manter um bom padrão tático depois de sair na frente, levando a virada por 2 a 1 na Arena Pernambuco.

“Temos que dar méritos para a Costa do Marfim, eles fizeram um ótimo jogo. Começamos bem, mas não conseguimos manter a distância entre os setores ao longo da partida. Os jogadores da Costa do Marfim foram muito talentosos”, afirmou o comandante.

De acordo com Zaccheroni, atrapalhou bastante os japoneses as dificuldades encontradas na tentativa de apertar a saída de bola dos africanos. “Não conseguimos fazer pressão. Não conseguimos ser agressivos e manter as distâncias. Não conseguimos jogar como de costume.”

AFP
Japoneses tiveram dificuldades para segurar os jogadores da Costa do Marfim em Pernambuco
Na tentativa de se recuperar no Grupo C do Mundial, o Japão vai entrar em campo na próxima quinta, na Arena das Dunas, em Natal. O adversário será a lanterna Grécia, que levou 3 a 0 da líder Colômbia em sua estreia na competição. A campanha na chave será fechada contra os colombianos, no próximo dia 24, em Cuiabá.

“Temos duas partidas. Precisamos tentar vencer as duas e jogar melhor do que conseguimos jogar hoje. Infelizmente, não conseguimos jogar bem contra os marfinenses”, concluiu o treinador italiano.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade