Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Alemanha bate recorde e emplaca maior goleada em semifinal das Copas

Belo Horizonte (MG)

O público que compareceu ao Mineirão para ver a Seleção Brasileira chegar a mais uma final de Copa do Mundo viu a Alemanha bater um recorde histórico. A vitória germânica por 7 a 1 desta terça-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte, passou a representar a maior goleada em semifinais da competição mais importante do futebol mundial.

Antes de a bola rolar na capital mineira, o placar mais elástico em semifinais de Copa do Mundo era 6 a 1. Já na primeira edição, em 1930, os dois jogos desta fase tiveram este resultado: as vitórias de Argentina e Uruguai sobre Estados Unidos e Iugoslávia, respectivamente.

Depois do primeiro Mundial, apenas uma seleção havia conseguido repetir esse feito. Em 1954, na Copa realizada na Suíça, a própria Alemanha, que conquistaria o primeiro título de sua história após a decisão contra a Hungria, aplicou o mesmo placar elástico sobre a Áustria.

Desta forma, os germânicos batem o próprio recorde com o resultado desta terça. Mesmo diante da torcida brasileira, o time comandado por Joachim Low não sentiu a pressão e abriu o placar já no início do confronto. Ainda no primeiro tempo, a Alemanha aproveitou um ‘apagão’ na equipe de Felipão e ampliou a vantagem.

Mesmo antes de chegar aos 30 minutos da etapa inicial, o time alemão vencia por 5 a 0. Ainda assim, a equipe europeia preferiu não amenizar na volta do intervalo. Ao aproveitar a fragilidade de um apático time brasileiro, marcou ainda mais dois gols. O gol verde e amarelo no fim não diminuiu o feito.

Com o resultado histórico, a Alemanha chega à oitava final de sua história, passando a ser o país que conseguiu este feito por mais vezes. Agora, os germânicos esperam o vencedor do confronto entre Argentina e Holanda, que entram em campo nesta quarta-feira, às 17 horas, na Arena Corinthians.