Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Alexandro revela atraso salarial e complica companheiros de Ponte

Campinas (SP)

Tudo corria bem nas entrevistas coletivas promovidas pela Ponte Preta, na tarde desta quinta-feira, até o atacante Alexandro aparecer na sala de imprensa. Em tom de brincadeira, ao final da resposta do lateral-direito Daniel Borges, o dianteiro gritou ao companheiro para lembrá-lo sobre os salários atrasados, e deixou o defensor em saia-justa.

“Dani, não esquece de falar aquele negócio...os atrasados”, gritou Alexandro. Envergonhado, Borges não teve como fugir das questões e revelou o impasse vivido nos bastidores da Macaca. “Como ele disse, existem atrasos. É complicado falar desse assunto, pois não sou do departamento financeiro e não tomo ciência do que se passa entre os mandatários. Porém, posso dizer que a diretoria tem jogado limpo com a gente e estipulou uma data para acertar tudo. As pendências acabarão antes do jogo com a Portuguesa”, comentou.

PontePress/Guilherme Dorigatti
Alexandro pediu para Daniel Borges lembrar dos "atrasados" e causou polêmica na entrevista coletiva
Na sequência, o jovem volante Alef também foi questionado sobre os atrasos e respondeu de maneira direta. “Não recebemos há um mês, mas estamos tranquilos, pois sabemos a situação complicada do clube. Nesse momento, a diretoria tem sido franca e aberta. Cabe a nós, dentro de campo, respeitar a camisa da Ponte Preta, independente do que aconteça”, revelou.

Após a atividade, Pedro Nicolau, co-diretor de futebol profissional, ficou sabendo da polêmica e convocou Alexandro, que pediu desculpas pelo feito, para uma conversa em separado. Em nota, a assessoria de imprensa alvinegra informou que os salários de junho – que deveriam cair no último dia 25 – serão acertados até o final da semana.

O duelo contra a Lusa, o primeiro após o recesso promovido pela Copa do Mundo, ocorre nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli. A Macaca ocupa o sétimo posto da classificação, com 16 pontos, apenas uma unidade atrás do América-MG, quarto colocado.