Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Após desencantar, Higuaín mostra tranquilidade: "Sei lidar com pressão"

Brasília (DF)

Higuaín chegou para o duelo contra a Bélgica, válido pelas quartas de final da Copa do Mundo, com a titularidade contestada por muitos torcedores da Argentina. Porém, foi do camisa 9 o gol da classificação alviceleste, aos oito minutos da primeira etapa, após um passe desviado de Di María.

Depois do feito, o dianteiro do Napoli-ITA mostrou tranquilidade e procurou não desabafar com quem questionava seu potencial: “Nunca me apavorei, pois sei lidar com a pressão. Estou muito feliz por isso. Um grande momento chegou e pude corresponder. Porém, nada disso aconteceria sem a presença deste grupo maravilhoso. Não tenho palavras para descrever o que a seleção significa para mim.”

Adiante, Higuaín expôs otimismo ao tratar da ansiedade em figurar na final da Copa do Mundo: “Teremos as semis pela frente, mas sei que podemos chegar adiante. Mesmo sofrendo nas Eliminatórias e durante o início do Mundial, reunimos forças para atingirmos o limite dentro das quatro linhas. Não dá para escolher, mas vamos chegar com força, independentemente do adversário”, afirmou, antes de saber da vitória nos pênaltis da Holanda contra a Costa Rica.

Gazeta Press
Messi celebra com Higuaín o primeiro e decisivo gol do camisa 9 na Copa do Mundo (Foto: Célio Messias)
Além de balançar a rede defendida por Courtois na primeira etapa, Higuaín foi responsável por um belo lance no segundo tempo: em contragolpe rápido, aos dez minutos, o camisa 9 se livrou do zagueiro e capitão Kompany com uma bela “caneta”, mas acabou carimbando o travessão dos diabos vermelhos em sua firme finalização.

O duelo alviceleste contra a Holanda será realizado na quarta-feira, às 17 horas (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo. O vencedor tem passaporte garantido para a decisão do campeonato.