Futebol/Copa 2014 - ( )

Boateng se diz ansioso para encontrar Dante como adversário

Helder Júnior, enviado especial Belo Horizonte (MG)

Jérôme Boateng é um jogador de poucas palavras. Escolhido para conceder entrevista coletiva na véspera de enfrentar o Brasil na semifinal da Copa do Mundo, o defensor da Alemanha deu respostas curtas para quase todas as perguntas que escutou. Só se alongou um pouco mais quando o assunto era Dante, seu companheiro de Bayern de Munique e rival nesta terça-feira, no Mineirão.

“O fato de conhecermos bem o Dante é uma vantagem e uma desvantagem para os dois lados. Estamos ansiosos para vê-lo. Será uma grande semifinal, e teremos ele como adversário pela primeira vez. Queremos ganhar. Depois, voltaremos a ser amigos”, comentou Boateng.

Os alemães só poderão ver Dante em ação porque o titular Thiago Silva recebeu o segundo cartão amarelo e terá de cumprir suspensão. Animado com a oportunidade, o substituto foi elogioso ao time da Alemanha, do qual é bastante próximo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Boateng está acostumado a ter Dante ao seu lado na defesa do Bayern de Munique
Boateng também adotou um discurso respeitoso em relação ao Brasil. Apesar de não temer o cenário adverso no Mineirão. “A torcida a favor deles será uma motivação adicional para nós. Todo o estádio estará contra, então teremos que nos concentrar ainda mais e trabalhar como equipe”, pregou.

Do outro lado, Dante tem enaltecido a força do conjunto alemão. O técnico Luiz Felipe Scolari conversou com o seu novo titular, na tentativa também de descobrir alguns segredos da equipe de Jérôme Boateng. “É evidente que os jogadores que atuam na Alemanha nos falaram como os seus companheiros se comportam”, reconheceu Felipão.