Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Botafogo pega xará da Paraíba em amistoso

Gazeta Press João Pessoa (PB)

Em amistoso de comemoração pela reinauguração do Estádio José Américo de Almeida Filho, o Almeidão, em João Pessoa (PB), o Botafogo enfrenta o Botafogo-PB nesta quinta-feira, às 20h30(de Brasília). O jogo servirá aos cariocas como preparação para a sequência do Campeonato Brasileiro, já que o Glorioso só vai voltar a jogar uma partida oficial em 16 de julho, diante do Sport, em Pernambuco. Já para o xará nordestino, o jogo tem sabor de comemoração, pois o time conquistou no domingo passado o título do Campeonato Paraibano, segurando o Campinense na decisão.

O duelo está sendo organizado pelo Governo do Estado da Paraíba, que realiza assim o sonho de ver na reinaguração do estádio ter o mesmo jogo da sua abertura. O Almeidão vai inaugurado em 9 de março de 1975, em um duelo justamente entre os dois Botafogos. Naquela ocasião os cariocas ganharam por 2 a 0 e o atacante Tiquinho, aos 15 minutos do primeiro tempo, marcou o primeiro gol do estádio.

Apesar do clima de festa, Vagner Mancini, técnico do Botafogo, pretende usar a partida como um importante teste para verificar como anda, na prática, os conhecimentos que ele vem passando ao grupo durante os treinos.

"Qualquer oportunidade de colocar o time para jogar é muito importante e espero conseguir aproveitar bastante esta partida para fazer análises e corrigir erros que a equipe vem cometendo e que serão fatais na sequência do Campeonato Brasileiro. Um teste como esse acaba sendo muito proveitoso depois de um período de treinos, pois teremos a possibilidade de praticar sem valer três pontos", analisou Vagner Mancini.

A qualidade dos paraibanos valoriza o teste, na visão dos alvinegros cariocas.

"Acredito que este será um teste muito importante, pois o Botafogo da Paraíba ganhou recentemente o título estadual, no último fim de semana, vem em ritmo de competição e vai fazer de tudo para deixar uma boa impressão para os seus torcedores. O respeito a eles é muito grande, mas o Botafogo também precisa impor um bom ritmo pois esse teste é fundamental para recomeçarmos bem o Campeonato Brasileiro", disse o lateral direito Edilson.

A tendência para este jogo é que Vagner Mancini mantenha uma base bem parecida com aquela que ele vinha utilizando nas últimas partidas do time no Campeonato Brasileiro, uma vez que possíveis titulares que estão recuperados de lesão, como o volante Marcelo Mattos e o meia Daniel, ainda não se encontram em condições ideais de atuar. O atacante Emerson Sheik, com tendinite no joelho direito, será preservado e assim o atacante Yuri Mamute, contratado junto ao Grêmio, poderá estrear. O volante Aírton vai atuar porque assinou a renovação de contrato.Carlos Alberto, recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda, deve ficar como opção no banco.

Pelo lado do Botafogo-PB, a expectativa é de um clima festivo, mas com os paraibanos dando uma resposta positiva aos seus torcedores.

"Para o Botafogo da Paraíba é muito importante este tipo de jogo, pois nossa equipe sempre deseja jogar contra os times de ponta do futebol brasileiro. Tenho certeza de que o meu grupo, como tem feito ao longo de toda esta temporada, vai dar uma resposta bem positiva dentro de campo. O torcedor pode esperar muita vontade de nossa parte",analisou Marcelo Vilar.

Em termos de escalação, o Botafogo-PB vai manter a base que conquistou o Estadual. O meia Lenilson, de 33 anos, ex-São Paulo, e o atacante argentino Frontini, de 32 anos, com passagem pelo Santos e por clubes do Rio de Janeiro e do interior paulista, são as figuras mais conhecidas do campeão paraibano.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-PB X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB)
Data:
3 de julho de 2014 (Quinta-feira)
Horário:
20h30(de Brasília)
Árbitro:
não divulgado pela organização

BOTAFOGO-PB: Genivaldo, Ferreira, Magno Alves, André Lima e Alex Cazumba; Zaquel, Pio, Doda e Lenílson; Rafael Aidar e Frontini
Técnico:
Marcelo Vilar

BOTAFOGO: Renan, Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Aírton, Mario Bolatti, Edilson e Wallyson; Pablo Zeballos e Yuri Mamute
Técnico:
Vagner Mancini