Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Bruxa solta: pancada nas costas tira Willian de treino de reservas

Tossiro Neto, enviado especial Teresópolis (RJ)

A onda de notícias ruins na Seleção Brasileira só cresce. Depois da suspensão do zagueiro Thiago Silva e do corte do atacante Neymar, a manhã de sábado foi marcada pela morte do avô do lateral esquerdo Marcelo. À tarde, foi a vez de Willian deixar o campo mais cedo, no treinamento dos jogadores reservas.

O meia levou uma pancada do volante Hernanes nas costas e não teve condição de prosseguir na atividade com bola comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari. A Confederação Brasileira de Futebol, no entanto, informou que não é algo preocupante para a semifinal de terça-feira, contra a Alemanha, em Belo Horizonte.

Como Willian saiu quase no final, o trabalho, que consistiu em uma disputa entre seis jogadores de cada lado, não foi interrompido. Todos os jogadores que não foram titulares na sexta-feira participaram da movimentação, incluindo o volante Luiz Gustavo, que é titular, mas não enfrentou a Colômbia, em Fortaleza, por estar suspenso.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Meia deixou o campo, na tarde deste sábado, depois de receber uma pancada do volante Hernanes
Desta vez, o desfalque da equipe por suspensão é o capitão Thiago Silva, que recebeu o segundo cartão amarelo na capital cearense. Além dele, Felipão não poderá contar com Neymar, que sofreu uma fratura na terceira vértebra lombar e está fora até mesmo da final, caso o Brasil derrote a Alemanha e se classifique.

Já o goleiro Júlio César apresenta um trauma no joelho direito, devido a uma pancada recebida na dividida em que cometeu pênalti. De acordo com o chefe do departamento médico da Seleção Brasileira, no entanto, ele iniciou tratamento à base de gelo e anti-inflamatório e certamente evoluirá bem a tempo de disputar a semifinal.