Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Buscando uma vaga no Furacão, Cléo fala em chegar à Libertadores

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

A intertemporada do Atlético Paranaense está se aproximando do seu final e, faltando apenas cinco dias para a volta do Campeonato Brasileiro. Com jogo marcado para quarta-feira, diante do Flamengo, no Moacyrzão, cresce a expectativa para saber se o Rubro-Negro brigará na metade de baixo, onde está atualmente, ou de cima da classificação neste segundo semestre.

Um dos primeiros times a voltar aos trabalhos durante a Copa do Mundo, especialmente pela chegada de um novo treinador, o Furacão promete dar trabalho, deixando para trás maus resultados e fazendo os gols que faltaram na busca por mais pontos. Nesse quesito, um dos mais otimistas em relação ao desempenho no retorno dos jogos é o atacante Cléo, que faz planos ambiciosos. "Durante a Copa, o grupo seguiu trabalhando forte. Todos estiveram sempre focados no nosso objetivo. Para mim, o objetivo maior é disputar uma vaga na Libertadores da América. Vamos lutar para alcançar este objetivo", garantiu.

O trabalho do técnico Miguel Ángel Portugal já é passado no Atlético. Aliás, até mesmo o momento de transição com Leandro Ávila foi superado durante a intertemporada. Com isso, o atacante acredita que, já na primeira partida, a filosofia de jogo do técnico Doriva estará presente. "Estamos comprometidos com o trabalho que o Doriva quer. Acredito que podemos chegar longe. Nosso grupo é jovem e quer vencer. Os jogadores que estão aqui darão conta do recado", disse.

Divulgação/C. Atlético Paranaense
Com experiência no futebol europeu, o atacante Cléo espera recolocar o Atlético-PR na Copa Libertadores
E como em toda troca de comando, a briga por posições se acirra. Pelo lado de Cléo, que tenta minimizar a disputa, a experiência e o bom desempenho antes da paralisação para a Copa contam a favor. "Quero chegar a Libertadores e conquistar títulos. Quero muito fazer bem essa caminhada para ajudar o time e conquistar os objetivos. Não me importa se vou começar jogando ou se vou entrar durante as partidas. Eu estou aqui para fazer parte do grupo e ajudar a equipe passando minha experiência", afirmou.

Outro ponto que pode pesar é a permanência ou não de Marcelo Cirino. Titular absoluto, o jogador está na mira do Corinthians, que até o inicio da semana deve definir se dá continuidade à transação. Se a saída for confirmada, Ederson, que precisa voltar a marcar gols, e Douglas Coutinho, que está em ascensão, são os dois principais adversários.