Futebol/ Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com otimismo, os cinco reforços querem tirar o Vila Nova da lanterna

Goiânia (GO)

Os cinco recém-contratados pelo Vila Nova para o restante da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro chegaram com uma visão otimista para tirar o Tigre da lanterna da competição. Thiago Silvy, por exemplo, vem para acabar com a seca de gols do pior ataque do torneio, com apenas dois tentos, e promete empenho para a equipe de Goiânia sair da desconfortável posição.

“Assumimos a responsabilidade junto aos demais. Sozinho não dá, mas faremos de tudo. Já trabalhei com Márcio Goiano e sei que é um ótimo treinador. Quem está vindo vem para somar e precisamos de bons resultados o mais rápido possível. O grupo está querendo sair dessa situação”, falou o atacante.

E Silvy não estará sozinho mesmo. Jheimy também é um reforço para o setor ofensivo do time de Onésio Brasileiro Alvarenga e vê o Colorado Goiano com grandes chances de escapar da degola: “De fora, é difícil falar, mas, vendo alguns treinos, não entendo como o clube está nessa situação. O grupo tem qualidade. Se achasse que o Vila não tem condição de se salvar, nem teria vindo”.

Divulgação/Site Oficial
Thiago Silvy e Paulinho chegaram para melhorar o pior ataque da Série B, com apenas dois gols

Já o defensor João Paulo quer que o elenco esqueça tudo o que aconteceu na metade do primeiro turno e preza por passar tranquilidade aos jogadores mais jovens: “Vamos começar a fazer uma história diferente e apagar o que aconteceu. Alguns jogadores ficaram, outros chegaram, então é passar tranquilidade para o pessoal mais novo e fazer um grande campeonato a partir desse jogo contra o Boa. Buscar fazer o melhor”.

Primeiro a ser contratado, o lateral-esquerdo Rafinha ressalta a importância do grupo estar otimista em um momento difícil como esse: “Tem que estar todo mundo confiante. Se for assim, fica mais fácil sair dessa situação. Sabemos que a Série B é longa e tem muitos jogos. Por isso, é importante sempre estar somando pontos”.

O meia-atacante Paulinho, que é natural de Goiânia, demonstra carinho pelo Tigre e promete muita entrega nos jogos: “Jogar no Vila é a oportunidade que sempre sonhei. Meu pai é vilanovense. É um sonho vestir essa camisa. Vou dar a vida para aproveitar bem e ter muitas conquistas aqui”.

O desafio é enorme para os cinco reforços, já que, com apenas dois pontos, o Vila Nova está oito atrás do Oeste, que é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. É a única equipe que ainda não conquistou sequer uma vitória. O próximo jogo é diante do Boa Esporte, no dia 15 de julho, às 19h30, no Serra Dourada.