Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

"Com todo o respeito", Neymar quer ver James eliminado na sexta

Tossiro Neto, enviado especial Teresópolis (RJ)

Incitado a se comparar com o camisa 10 da Colômbia, o camisa 10 da Seleção Brasileira foi elogioso, mas, é claro, disse esperar que a última partida de James Rodríguez, até aqui artilheiro da Copa do Mundo, seja na sexta-feira, em Fortaleza, justamente contra ele.

Com a mesma idade (22 anos), os dois estão entre os principais candidatos à artilharia da competição. O colombiano lidera a lista, com cinco gols, um a mais do que o brasileiro, que garante não se preocupar com essa disputa.

"Quem joga melhor, eu não sei. Mas espero que a Seleção Brasileira brilhe, não só eu como meus companheiros também. Não sei se estavam na minha primeira entrevista coletiva, quando eu disse que não brigava para ser artilheiro. Não quero jogar nada neste jogo, só quero que o Brasil ganhe de 1 a 0, que para mim já estará maravilhoso", falou Neymar, já ligeiramente incomodado com as comparações.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Atacante só não gostou da insistência na comparação com o colombiano e disse que não luta pela artilharia do torneio
Quando questionado somente sobre a qualidade do adversário, tão jovem quanto ele, o principal jogador brasileiro não se importou em responder. "Eu já sabia que era um grande jogador, e ele vem demonstrando todo o seu talento. Não tem idade, o que tem que fazer é jogar futebol. É claro que experiência ajuda, mas eu também tenho 22 anos e já passei por muita coisa na minha vida, aprendi muito. Queira ou não, tenho um pouquinho de experiência. Tem só que chegar e jogar bola, botar seu futebol em prática", comentou, prometendo praticar em Fortaleza.

"O que eu posso fazer é ajudar meus companheiros na marcação, correndo, marcando, dando assistência, para que a Seleção saia vencedora. Tudo o que mais quero é que o Brasil se consagre campeão. E que, no final de tudo, a gente sorria ou chore de alegria", destacou.