Futebol Internacional/Bastidores - ( )

Comitê rejeita apelação uruguaia e mantém punição a Luis Suárez

Zurique (Suíça)

Em nota, a Fifa anunciou nesta quinta-feira a decisão do Comitê Disciplinar em manter a suspensão de Luis Suárez pela mordida no zagueiro italiano Giorgio Chiellini, no confronto entre Itália e Uruguai, válido pela primeira fase da Copa do Mundo de 2014. Assim, a apelação uruguaia para a redução da pena ao jogador foi rejeitada pela entidade.

A decisão já foi comunicada ao jogador e à Associação Uruguaia de Futebol (AUF), mas não é definitiva. Suárez e a entidade celeste ainda poderão apelar à Corte Arbitral do Esporte, segundo a nota oficial da própria Fifa.

O uruguaio foi punido em junho com uma suspensão de nove jogos por sua seleção, além de um banimento de quatro meses a qualquer atividade relacionada ao futebol profissional, incluindo treinamentos em clubes. O comitê tratou Suárez como reincidente, já que o jogador havia mordido adversários em outras oportunidades.

Como base para a defesa, a federação utilizou as desculpas públicas de Suárez, além do “perdão” de Giorgio Chiellini, que chegou a pedir que a punição fosse menor. Os fatos, porém, não foram suficientes para convencer a Fifa a reduzir a sanção.

AFP
Para Comitê Disciplinar, suspensão de Suárez por mordida não deve ser alterada