Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Contestado, técnico Safet Susic renova com a Bósnia até Euro 2016

Sarajevo (Bósnia-Herzegovina)

Responsável por levar a Bósnia e Herzegovina para a sua primeira Copa do Mundo, o técnico Safet Susic renovou seu contrato com a seleção balcânica até a Eurocopa de 2016, que será sediada na França. O ex-jogador do Paris Saint-Germain-FRA foi contestado pelos torcedores, pelas escolhas tomadas em solo brasileiro, mas contou com o aval da Federação de Futebol.

A confirmação foi exposta após uma reunião dos mandatários federativos, realizada na capital Sarajevo. A expectativa era que Susic deixasse o comando, já que a Bósnia acabou eliminada ainda na primeira fase, no grupo que tinha Argentina, Nigéria e Irã. O único triunfo balcânico ocorreu contra a representação persa, na última rodada, pelo placar de 3 a 1.

O principal descontentamento dos torcedores ficou por conta da ausência do atacante Vedad Ibisevic. O dianteiro do Stuttgart-ALE, um dos destaques bósnios nas Eliminatórias, foi reserva nas duas primeiras derrotas, contra Argentina (2 a 1) e Nigéria (1 a 0). Quando saiu do banco, foi dele o primeiro gol do país na história dos Mundiais, contra os alvicelestes, na estreia.

A Bósnia e Herzegovina figura no Grupo B das Eliminatórias para a Euro, ao lado de Bélgica, Israel, País de Gales, Chipre e Andorra. A competição terá início no mês de setembro.

AFP
Safet Susic acabou contestado pela ausência de Ibisevic, mas seguirá no comando da Bósnia e Herzegovina